domingo, 22 de julho de 2012

A data de nascimento de mestres cósmicos e avatares



A numerologia esotérica, criada por Pitágoras, é a ciência da compreensão de toda a manifestação cósmica através dos números. Tudo que existe, cada palavra e cada nome vibra de acordo com o seu número e cada número tem o seu próprio significado. Pitágoras identificou a função dos números na escola do macro e do microcosmo. No macro através da aplicação dos princípios universais, as leis cósmicas, e no micro como características pessoais e reflexos da escala cósmica dentro de cada individualidade. Assim como na astrologia a carta natal (“mapa astral”) utiliza o momento exato do nascimento da pessoa (data, horário e local de nascimento), na numerologia existe o número de Lição de Vida, o número baseado na data de nascimento da pessoa.
O número da Lição de Vida representa a missão maior de cada pessoa na Terra. É através deste número que a pessoa deve orientar a escolha dos seus caminhos para que possa cumprir sua missão. Existe a missão, porém, existe o livre-arbítrio. Todos nós nascemos predispostos a algo e o que impede de haver a predestinação é justamente o livre-arbítrio. Esta predisposição decorre de vários fatores como méritos e débitos kármicos, lições e missões etc.. Ex.: você nasce predisposto a ficar com determinada pessoa no campo afetivo mas você pode escolher não ficar com esta pessoa. Pode achar que ela mora muito longe, que ela é muito pobre, muito feia e exercer o livre-arbítrio da forma que você quiser. É o número de Lição de Vida o momento de nascimento, o momento onde há o influxo da energia e da consciência cósmica em cada um de nós, no momento que respiramos e há a animação do corpo pela alma.
Na numerologia, existem outros números como os que são baseados no nome da pessoa; porém, o nome pode ser alterado (vários artistas fizeram isso, como Jorge Ben que virou “Jorge Ben Jor”, Marina que virou “Marina Lima” entre outros). O número de lição de vida é o único número que não pode ser modificado. É o número de onde há decreto cósmico para a vida de cada pessoa. Pode-se mudar o nome, mas não a data de nascimento. Este decreto cósmico também confere a cada um dom para guiar o seu destino. Sua missão, suas pré-disposições. É o desafio de cada uma, a lição que cada aprenderá ao cumprir a missão para o qual veio. É o professor que aprende ensinando, é o instrutor que ensina e aprende com o aprendiz. Todos nós temos algo a aprender, não há ninguém que não tenha algo a ensinar e ninguém que não tenha algo a aprender.
No cálculo da numerologia há a redução dos números, onde sempre vai se reduzir o número até que fique somente em um único digíto. Ex.: 19 = 1 + 9 = 10 -> 1 + 0 = 1. Entretanto, existem 4 dígitos duplos que não são reduzidos. São os chamados “números-mestre”. São números mais fortes que representam mais oportunidades de expressão e poder, entretanto, obedecendo o equilíbrio cósmico, existe cobrança maior. Existe um provérbio místico que diz: “A quem muito é dado, muito será cobrado”. E, pessoas com números-mestre, precisam ter um esforço maior para expressar as forças destes números pelo qual são regidas. São os números-mestre: 11, 22, 33 e 44 (alguns numerólogos consideram  55, 66, 77, 88 e 99 como números-mestre também, mas são minoria).
Importa ressaltar que o número-mestre nem sempre tem sua função manifesta na vida de uma pessoa. Quer dizer: não é por ter um número-mestre que a pessoa seja melhor que outrem. Tudo depende da pessoa. Para saber quem manifesta verdadeiramente a força do número, basta seguir o ensinamento de Jesus: “pelos frutos conhecereis a árvore”. É natural que uma pessoa que exerça a força e energia do número-mestre terá um diferencial, se não tem, é porque não manifesta esta energia (isso se vê nas pessoas sem talento e genialidade alguma, que não fazem a diferença em nada e que vivem suas vidas como todas as outras). Ocorrendo isso, deve-se reduzir novamente o número. Ex.: 11 = 1+1 = 2, 22 = 2+2 = 4 e etc. Como possibilidades de números da lição de vida (data de nascimento) tem-se: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 11, 22, 33 e 44.
O cálculo, se faz assim: Suponhamos que alguém nasceu em 02 de março de 1.962 (02 de março de 1.962 = 02/03/1962). Você soma todos os números = 2 + 3 + 1 + 9 + 6 + 2 = 23. Como não é um número-mestre (11, 22, 33, 44 (55, 66, 77, 88 e 99 para outros também)), você reduz mais uma vez = 2 + 3 = 5. O número da lição de vida desta pessoa é 5. A minha data de nascimento é 05 de agosto de 1.982 (05/08/1982). Somando: 5 + 8 + 1 + 9 + 8 + 2 = 33. Como é um número-mestre, não se reduz. O meu número de lição de vida é 33. Deixo aqui uma descrição dos números mestre da numeróloga Lyndha de Araújo (o número relacionado à maestria espiritual e a função de Avatar é o 33):
Os Números Mestres:
São uma oitava superior dos números simples. Esses números são interpretados em um mapa, em condições especiais, geralmente em adultos, pois uma criança não consegue lidar com a energia dos números mestres nos primeiros anos de vida. Algumas pessoas que os possuem, podem estar totalmente inconscientes de seu potencial, e até expressando o lado negativo deles. Os números mestres têm muita força quando aparecem nas posições básicas de um mapa numerológico.
11. Idealista
Positivo: Intuição, perfeccionismo, simpatia, paciência, humanitarismo, espiritualidade, percepção extra-sensorial, clarividência.
Negativo: Desonestidade, fanatismo, desorientação, mesquinhez, preguiça
22. Construtor
Positivo: Potencial para conquistar finanças e influência, lealdade, culto, prático
Negativo: Indiferença a humanidade, manipulação, excesso de vaidade, frieza
33. Líder
Positivo: Controle de suas emoções, harmonia, capacidade de comando, mestre espiritual, avatar
Negativo: Insensibilidade, excentricidade, violência, futilidade, frieza
44. Eficiência
Positivo: Poder de cura, solução para os problemas alheios, controle mental.
Negativo: Mau uso das atividades mentais, apossar-se de idéias e projetos alheios
55. Energia Vital
Positivo: Vida rica, iluminação, encaminhamento para o futuro, entusiasta.
Negativo: Descumprimento do carma, auto-piedade, sentimento de vítima
66. Amor incondicional
Positivo: Transcendência, perfeição, expressão, a mãe cósmica, energia do amor
Negativo: Egoísmo, possessividade, ciúmes, negação ou repressão do amor
77 . Discernimento
Positivo: Sabedoria, conscientização, liberdade, excepcionalidade, abundância,
triunfo, aristocracia.
Negativo: Melancolia, pensamentos conflitantes, sentimento de cobrança
88. Perfeição
Positivo: Coragem, análise, análise, dedicação, sabedoria, refinamento dos desejos
Negativo: Conflitos, desânimo ante as adversidades, dificuldades, provações
99. Altruísta
Positivo: Inovação, despojamento, caridade, atividade, cura humanitária, aconselhamento, coragem, grandes serviços de utilidade pública.
Negativo: Ingenuidade acentuada, espírito de sacrifício, falta de senso crítico, agressividade com a humanidade.”.
Em relação ao número-mestre 33, o número dos mestres de luz e avatares, chega a ser prolixo ter que falar de um número como este, tamanha sua repercussão em todo o meio esotérico. Quem quiser saber mais, basta procurar que vai achar. Ainda assim, há a citação: “Uma vez que a consciência do 33 quase ultrapassa a da humanidade e é semelhante à de Cristo em expressão, um lugar em meio ao clero ou o sacerdócio poderia conduzi-lo ao reino dos seus sonhos, como um salvador do mundo.” (Javane, Faith e Bunker, Dusty, A numerologia e o triângulo divino, 15ª edição. São Paulo: Pensamento. 1979. p. 29). Se você tem um número-mestre em sua data de nascimento, e principalmente o 33 (o número dos mestres cósmicos e avatares), talvez seja o tempo de parar, analisar sua vida e ver se realmente está fazendo aquilo que sente que deveria fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário