sábado, 21 de julho de 2012

O povo é quem paga o pato do político sem vergonha!




Escute aqui Deputado:
Que cara de pau é esta?
Ter seu salário aumentado
No apagar da luz da festa?

Veja quanto ganha o povo
Que vive dentro de um ovo
E sequer de longe sonha
Que votou num carrapato
E o povo é quem paga o pato
Do político sem vergonha!

O malandro bota a cara
Num santinho colorido
É promessa que não para
Depois se faz esquecido
E nem bem ganhou de novo
Começa a enganar o povo
Com safadeza medonha
Logo se transforma em rato
E o povo é quem paga o pato
Do político sem vergonha!

Vota aumento do salário
Porém não é o do povo
É o soldo salafrário
No seu contra cheque novo
É tão grande a safadeza
Que desliza com destreza
Negocia sua peçonha
Votam juntos, fazem trato
E o povo é quem paga o pato
Do político sem vergonha!

Tenha vergonha na cara
Olhe a miséria do mundo
Deixe dessa sua tara
De ir ao poço até o fundo
Honre o mandato que tem
Zele o eleitor que inda tem
Deixe de tanta mangonha
Que amanhã é um fato
E o povo arranca o mandato
Do político sem vergonha!

Merlânio Maia é Poeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário