sábado, 25 de agosto de 2012

A Polêmica da Ressurreição de Cristo e o Seu Reino Celestial


ressurreição
A visão espírita sobre a ressurreição de Jesus é unânime, pelas revelações dados á kardec, na elaboração da obra “a Gênese”, á um tempo atrás queria fazer uma postagem sobre o assunto, mais para mim algo por dentro, pedia a esperar, para a busca de mais informações, apesar das provas até arqueológicas já apoiar essa tese, que a doutrina espírita sustenta.
Apesar das visões contraditória, em definir essa visão como autoria desta interpretação pessoal á KARDEC , o transformando até no possível anticristo.
Mais vamos abordar aqui certas objeções que tenho certeza que a religião hoje em sí, deixaram a desejar pelo simples fato de ignorarem em termos os princípios das manifestações espirituais.
A ressurreição:
ressurreicao05Segundo os princípios das leis da criação, e que segundo os espíritos superiores apresentam na codificação, e que foi exposto por kardec, na gênese.
Jesus ressuscitou com um corpo fluídico, ou seja; um corpo espiritual se é que possamos dizer assim; a tradição cristã atual definiu esse corpo como “corpo glorificado”, apesar de muitos ignorarem suas características espirituais.
A visão cristã tradicional somente aceita o fato do corpo físico, pelo simples motivo de que segundo as escrituras depois de sua morte, é afirmado positivamente que foi visto por muitos, inclusive Tomé tocou seus ferimentos.
Sobre este fator, Jesus até hoje estaria no reino dos céus, ou Jerusalém celestial e física segundo alguns, e portanto sendo assim também de matéria bruta pela natureza da ressurreição.
Vamos olhar outro fator que muitos não levaram em conta, mais pode ser notado para aqueles que entendam alguns fatores dos fenômenos espirituais.
"E aconteceu que, tornando eu para Jerusalém, quando orava no templo, fui arrebatado para fora de mim."
"E vi aquele que me dizia: Dá-te pressa e sai apressadamente de Jerusalém; porque não receberão o teu testemunho acerca de mim…..(Atos 22:17-18)
- Fui arrebatado para fora de mim, ou seja; foi desdobrado extra-físicamente, e somente depois Paulo, pode ver Jesus, que estava em espírito, pois somente um espírito pode ver outro, ou um médium com vidência.
Neste caso Paulo não possuía este dom, mais sim o do desdobramento de espírito que segundo alguns relatos das cartas fazem mensão.
Em (2 corintios 3:17), se fala positivamente !
“Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade”.
arrebatamento 1
O Arrebatamento de Corpos:
Sobre algumas interpretações modernas se baseou uma visão da salvação, simplesmente coma idéia da preservação do corpo material, para viver neste reino celestial.
Essa equivocada visão se deu pela ordem expostas em algumas bíblias, Segundo isso o LIVRO (1 Tessalonicenses ) está a frente do LIVRO (2 Coríntios ),  com isso se vê como palavra final esta frase :
"Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens…”
- Mais na realidade a ordem da escrita das cartas está errada pois, em (49:52 d.C): foi escrita I e II Tessalonicenses, e I Coríntios e II Coríntios foram escritas mais tarde em (52-56 d.C).
PORTANTO tudo que indica é que PAULO crescendo em conhecimento, mais tarde se corrigiu dizendo:
"Mas temos confiança e desejamos antes deixar este corpo, para habitar com o Senhor."  (2 Coríntios 5:8).
- Não há como negar o fato da intenção real de Paulo e seu entendimento sobre a salvação, pois por outro simples fator, nenhum de seus seguidores foram arrebatado ou ele mesmo, sendo todos perseguido e mortos, portanto a fé do cristão primitivo está centrada no mundo do além, pela entrada com a morte física do corpo.
O Corpo Glorificado:
transfiguracão
O corpo glorificado foi o termo criado por Paulo em seu tempo, e definido segundo seu ponto de vista pela visão dos fenômento visto por ele e por muitos que presenciaram estes sinais espiritual reais naquela época.
Paulo descreve não uma, outras vezes a aparição de anjos envolto a lúzes, Jesus no monte tambor na passagem da transfiguração, quando estava a falar com Elias e Moisés que eram desencarnados percebe-se os mesmos fenômenos.
Apesar de que cada um pode ver como seu próprio ponto de vista, na visão espirita Jesus ressussitou em um corpo fluídico, pois este possui propriedades que ainda é ignorada no meio religioso.
O espírito é formado de duas partes, sendo a parte material chamada de perispírito que é semimaterial, mais esta parte não é igual a todos, pois nos espiritos ainda em ignorância a quantidade materialismo é mais concentrada, mesmo assim nunca deixando de ser semi-material.
A medida que o espírito evolui, mais se purifica moral e espiritualmente.
Somente Deus e os espíritos puros não possuem nenhum requicio de materia em sí.

Propriedades do Espírito:
ressurreição3
Segundo conta a tradição cristã, dois de seguidores de Jesus a caminho de um povoado chamado Emaús, isso após a ressurreição, Jesus aproximou-se dos dois homens e passou a caminhar na companhia deles sem ser percebido que era ele mesmo, após a chegada na região foi convidado a se hospedar com eles, então conta-se que sentado a mesa ao abençoar os pães, os olhos dos dois homens foram abertos e conheceram Jesus, e logo após ele desapareceu. (Lc24:13ao37)
Estes dois voltaram a Jerusalém, e após relatar sobre o ocorrido para os doze, então Jesus aparece repentinamente nomeio deles (Lc 24:37).
Em (João 20:26), o relato diz que ele entrou e se pôs no meio deles estando as portas fechadas.
Nestes dois relatos podemos não só notar o fenômeno da materialização de espíritos, como o fenômeno da transfiguração.
Os espíritos inteligentes podem modificar suas aparências e a forma com a qual querem se apresentar, notemos também que antes da morte de Jesus, nenhum fenômeno semelhante tinha ocorrido em relação á seu corpo.
Os espíritos para executarem qualquer tipo de ação direta na matéria precisam e retiram o ectoplasma do ambiente onde está,  geralmente doado por médiuns que em grande parte não sabem disso.
O que seria a ectoplasmia? O ectoplasma é o nome que se dá ao fluido, de natureza psicossomática, oriundo de médiuns de materialização e do qual se servem os Espíritos para tornarem-se visíveis e tangíveis aos olhos e ao tato humano.
Qualquer espírito quando deseja se comunicar com o mundo material o faz através do ectoplasma a sua materialização.
O maior médium de efeitos físicos era conhecido carinhosamente como Peixotinho, sendo cearense e nascido na cidade de Pacatuba. “E assim, por processos de laboratório, o Dr. Osty ia surpreender a formação ectoplasmática, a substância na sua fase ainda invisível, aquilo a que já Crawford, o professor de mecânica de Belfort, dava o nome de alavanca psíquica, isto é, o aparelhamento fluídico de que os Espíritos se serviam ou se servem para produção de fenômenos físicos.
Já o cientista Russo Alexandre Asakof passou grande parte de sua vida estudando o corpo humano e na conclusão de seus estudos chegou a conclusão de que o corpo humano não é constituído somente de matéria. Nele está inserido outro corpo semimaterial que ele chamou de corpo bioplasmático e de tão sutil não era perceptível ao olhos humanos quando o mesmo se libertava corpo, após a estagnação biológica. A este mesmo corpo Allan Kardec deu o nome de Perispírito.
O Reino dos Céus
reinodedeus
Paulo afirmou claramente depois “que carne e sangue, não poderiam herdar o reino dos céus”, portanto hoje por falta do conhecimento dos fenômenos espirituais, acabou-se criando uma tradição cristã disforme.
A igreja católica, pela tradição oral manteve essa visão de um céu espiritual, onde santos reinam com cristo.
Um fato interessante é que João em espírito (desdobrado) foi levado aos céus, e descreveu os fatos que viu no livro das revelações.
Inclusive a Jerusalém celeste, mais porque Jesus não arrebatou João, em carne e osso, já que esta crença é bem real em nossos dias?
Simplesmente porque em espírito, poderia ver aquilo que estava em espírito ou (etéreo), e como espírito tomou e comeu um livro das mãos de um anjo, que era um espírito.
O espírito não poderia comer nada material, e mesmo que conseguissem aquele objeto ô atravessaria.
Os espíritos, não podemos negar vivem em outra dimensão, e a morte para lá é apenas um portal.
A fé na vida cristã, sempre foi naquilo que é imperecível e sempre será.
“..mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.” (2 Coríntios 4:18)
- Portanto só para finalizar, Jesus veio nos trazer o conhecimento para a salvação pela vida eterna, mais não existe vida eterna na matéria, pois é uma das leis da criação, a matéria sempre estar em constantes transformações.
Somente o mundo espiritual é eterno.
Pois ACREDITAR que Jesus virá ainda nos salvar, como muitos professam, é crer que ele nunca nos salvou!
Jesus veio TRAZER a salvação da ALMA e não da CARNE, pois está descerá ao pó, um dia!
SALVAÇÃO da ALMA, Essa é a finalidade de seu EVANGELHO, pois o espírito dele sempre estará conosco, pois foi isso que sempre nos prometeu:
"…. e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. (Mateus 28:20)

Nenhum comentário:

Postar um comentário