sábado, 8 de setembro de 2012

Decálogo de Lênin para tomar o poder cai na web e causa polêmica.




Já está na Web e causando bastante polêmica o possível "DECÁLOGO" escrito pelo Revolucionário Comunista Vladimir Lênin em 1913. O decálogo oferece estratégias para tomada do poder. A discussão em fóruns na internet está bastante intensa, sendo que alguns historiadores dizem que o decálogo foi escrito em 1901 e outros dizem que tal decálogo nem mesmo foi escrito por Lênin.

Diante da dúvida e da polêmica vale muito conferir o decálogo e ver se encontra qualquer semelhança com nossos dias atuais.


 1- Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual;





 2- Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;


 3- Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais;


 4- Destrua a confiança do povo em seus líderes;




 5- Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;





6- Colabore para o esbanjamento do dinheiro público; coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;



7- Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

 8- Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam;


 9- Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;




10- Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de tornando impossível qualquer resistência à causa...


 ..................................................x........................................


DEZ PRINCÍPIOS DA ESQUERDA:
1) Um esquerdista crê que não existe moral. Na verdade o esquerdista crê apenas na moral que o favorece, isto é, “não roubar” para os outros mas um esquerdista pode roubar à vontade.
2) O esquerdista promove o anti-convencional, violenta os costumes e prefere a descontinuidade.
3) O esquerdista quer derrubar tudo que seja pré-estabelecido.
4) O esquerdista age com imprudência e irresponsabilidade.
5) os esquerdistas desejam a uniformidade universal: Todo mundo igual, exceto eles, quando estão no poder usufruindo dos privilégios.
6) Os esquerdistas não se impõem limites e acreditam que podem melhorar, aperfeiçoar e acabar com as imperfeições de tudo, inclusive do próprio ser humano (“para fazer uma omelete há que se quebrar os ovos”, eles dizem, e partem para quebrar todos os ovos mesmo que não consigam fazer omelete alguma).
7) Os esquerdistas são contra a liberdade e a propriedade – preferem a escravidão, embora a chamem por outros nomes: igualdade, responsabilidade social, justiça social, etc.
8) Os esquerdistas impõem coletivismo forçado.
9) O esquerdista deseja o poder desmedido e a liberação de todas as paixões humanas (marxismo clássico e marxismo cultural).
10) O pensador esquerdista não quer estabilidade – prega a revolução perpétua.
==
TRADUZINDO A LINGUAGEM COMUNISTA
1.  Você é pretensioso= Você ousa achar que sabe algo que eu não sei, e isso é um absurdo.
2.  Vamos decidir democraticamente= Que tal se a gente parar de discutir idéias e ao invés disso fizer um concurso de popularidade?
3.  Precisamos melhorar a educação no Brasil=Precisamos emitir mais diplomas para mais pessoas.
4.  Precisamos proteger o grupo XXX de discriminação=Precisamos criar a ilusão de que quem não der dinheiro para mim odeia o grupo XXX.
5.  Precisamos regulamentar a profissão XXX=Precisamos entravar ao máximo possível o acesso à profissão XXX para aumentar os privilégios de quem tiver autorização para exercê-la.
6.  Se eu deixar você fazer isso vou ter que deixar todo mundo=Não existe nenhum motivo coerente para esta regra existir mas eu gosto dela.
7.  Sua opinião também é válida=Vou ignorar completamente a sua opinião.
8.  Essas são as tendências mais modernas nos EUA e na Europa=Eu li na revista Veja que uma vez em 1976 alguém tentou isso no Canadá.
9.  Todo mundo sabe que XXX=Eu não faço a menor idéia de por que estou defendendo que XXX seja verdade.
10.           E, last but not least:
Há que se endurecer sem perder a ternura=Há que se perder a ternura mas sem admitir abertamente.”"‘
11.            
Trecho extraído do livro 1984
Saber e não saber, ter consciência de completa veracidade ao exprimir mentiras cuidadosamente arquitetadas, defender simultaneamente duas opiniões opostas, sabendo-as contraditórias e ainda assim acreditando em ambas; usar a lógica contra a lógica, repudiar a moralidade em nome da moralidade, crer na impossibilidade da Democracia e que o Partido era o guardião da Democracia; esquecer tudo quanto fosse necessário esquecer, trazê-lo à memória prontamente no momento preciso, e depois torná-lo a esquecer; e acima de tudo, aplicar o próprio processo ao processo. Essa era a sutileza derradeira: induzir conscientemente a inconsciência, e então, tornar-se inconsciente do ato de hipnose que se acabava de realizar. Até para compreender a palavra “duplipensar” era necessário usar o duplipensar.
O PT faz isto o tempo todo! Por isso é difícil combatê-lo. E a maioria dos anti petistas tratam o PT como MAIS UM PARTIDO, o que é um grande erro.
RECOMENDO A LEITURA DE “1984“, de “A Revolução dos Bichos“, a primeira parte da “Política” de Aristóteles, especialmente a parte em que ele fala da ameaça que são. Os sem-terras (sic) gregos, para a democracia grega.
São livros facílimos de se encontrar e básicos! Não me parece produtivo ler livros mais recentes e com linguagem difícil sem antes ter lido o básico.
jotamachado

Nenhum comentário:

Postar um comentário