sábado, 13 de outubro de 2012

Como diria Blavatsky


Dessa vez, um cantor chamado Jorge Vercillo resolveu fazer uma homenagem à esotérica fundadora  da teosofia chamada Helena Petrovna  Blavatsky. É impossível nesse momento não relembrar dos ensinamentos de Abdu’l’bahá anunciando para os praticantes de teosofia o reinado do cristo cósmico Baha’u’llah . Na palestra abaixo o mestre Abdu’l enfatizou a importância do batismo com o falso espírito santo aos teosofistas:
“ Há, entretanto, outro Espírito, que pode ser denominado Divino, ao qual Jesus Cristo Se refere quando declara que o homem deve nascer de sua vivificação e ser batizado pelo seu fogo vivo. Almas privadas desse Espírito são consideradas mortas…”  (25 DE ABRIL DE 1912 – Palestra para a Sociedade Teosófica de Abdu’l’Bahá – Residência do Sr. e Sra. Arthur J. Parsons  – Rua Dezoito, 1700, NW, Washington, D.C).
A teosofia tem como meta criar a fraternidade universal, a eliminação de toda forma de preconceito e união entre a ciência e a religião que são os mesmo princípios criados por Baha’u’llah. Além desses, a teosofia também acredita que o diabo não existe.
“Como Diria Blavatsky” é o nono álbum de Jorge Vercillo, lançado em 2011. A música- título  desse novo CD é bem sem graça e chata. Imagine uma mistura do pior que existe em Djavan e Caetano Veloso juntos, mas tem gosto para tudo nesse mundo. Se alguém suportar ouvir isso, eis a canção:
A iniciação nos mistérios da teosofia começam na capa do CD de número 9 , onde foram retirados alguns dos símbolos esotéricos para adaptar-se ao reinado do cristo cósmico Baha’u’llah e ao seu executivo mundial.
A suástica representa o fracasso de Hitler quando foi iniciado por madame  Blavatsky através da Sociedade Thule.  A estupidez do ditador nazista foi tão grande que o mesmo pensava que poderia ser o anticristo e a besta do abismo ao mesmo tempo. A suástica foi retirada para representar uma nova forma de governo.
A cruz ansata no centro do hexagrama simboliza o espírito mergulhado na Matéria. Como ela foi retirada do CD, está representando o lado negativo do batismo com o falso espírito santo, onde o materialismo e os prazeres carnais vão dominar.
O vértice para baixo que representa a grande mãe  ( A Rainha dos Céus) também foi retirado para representar um falso cristianismo que está por vir como descrito na palestra de Abdu’l’ Bahá acima. O falso cristianismo é representado pelo vértice para cima que também simboliza o fogo sagrado do espírito.
A retirada do vértice para baixo também representa o número 6. Aqui podemos aplicar o princípio da tábua da esmeralda (999-666). Observe que o cantor inverte o seu nome na capa do CD para iniciar esse conceito. O nove aparece em algarismo romano e o seis é representado pelo vértice para cima. Versillo obedeceu à risca uma das leis esotéricas de Baha’u’llah que diz:
“K-157. Vede: o “mistério da Grande Inversão no Símbolo do Soberano” tornou-se agora manifesto. Feliz quem Deus ajudou a reconhecer o “Seis” erguido em virtude deste “Alif Aprumado”; ele, em verdade, é um dos que têm verdadeira fé…” (Kitáb-i-aqdas – Baha’u’llah)
O círculo no CD serve para esconder o culto à antiga serpente chamada biblicamente de satanás ou o diabo. Observe que ela está engolindo a cauda para representar o ciclo da  reencarnação, pratica muito utilizada pelo espiritismo.
A canção que leva o título do CD fala do encontro de Jorge Versillo com o seu pai e mentor (o Diabo). Que antes de ser expulso do céu já preparava um lugar na terceira dimensão para os escolhidos que se auto proclamarão deuses:
“Do outro lado da galáxia era você o meu mentor//Brincando, assim me preparava pro ouro e para dor……E antes de eu “descer” me avisou:// Você não vai saber por que está ali// Você não vai saber lidar com seu poder// Nem mesmo vai lembrar quem é, nem de onde vem//Mas hoje, de algo em seu olhar eu me encontrei// Você me faz lembrar que somos deuses//Caídos na terceira dimensão”
Em outra canção  chamada “ Invicto” desse mesmo CD  Versillo exalta o reinado do anticristo, um reinado de imoralidade e perversão que terá como guia a estrela de Davi, representando o rei dos judeus governando a terra.  A geração mente-limpa que fará coisas erradas e não verá nada de errado nisso:
“E hoje sei///Um mundo novo eu verei//Com a geração mente-limpa//Corpo invicto, “invictor”//De onde vem//Esse destino ancestral?///Quem traz a estrela de Davi//Em seu mapa astral?”
“Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.”  (João 8 : 44)

Nenhum comentário:

Postar um comentário