quarta-feira, 3 de outubro de 2012

NAS TRILHAS DOS DEUSES DISTANTES


NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO
NAS TRILHAS DOS DEUSES DISTANTES
"O que há de admirável no fantástico é que não há mais fantástico: há apenas o real"
(Andre Breton)

Nas fotos, os poderosos caças F5-E e Mirages, em uso pela Força Aérea Brasileira no ano de 1986. Era noite do dia 19 do maio, quando precisamente às 21:45 horas foi expedido um alerta de segurança quanto à presença de diversos OVNI invadindo o espaço aéreo brasileiro. Precisamente neste ponto teve início aquela que foi a maior perseguição a esses objetos que se teve notícia na história mundial! Inicialmente, dois caças F5-E decolaram da Base aérea de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, de modo a interceptar os intrusos. Através de uma verdadeira brincadeira de gato-e-rato (foram três horas de perseguições nos céus do Brasil), os OVNI atraíam os pilotos de um Estado a outro do país, muitas vezes cercando-os e até mesmo entrando acintosamente em formação de vôo com eles! E até um dos F5E virou a caça, chegando a ser perseguido por treze daqueles objetos! Em poucos minutos, e atravessando diagionalmente o país, os UFOs chegram ao Estado de Goiás, milhares de quilômetros distante do ponto inicial, sendo então alvos da perseguição de três Mirages que decolaram às pressas da Base aérea de Anápolis, armados com mísseis Sidewinder e Matra-350. Um daqueles pilotos declarou: "Ele (o OVNI) dava zigue-zagues em ângulos iguais a oitenta graus. Não conheço um aparelho capaz de proceder curvas daquela maneira a mil quilometros por hora!". Assim, Todas as manobras de perseguição resultaram infrutíferas e os caças voltaram à base por falta de combustível, tendo o CINDACTA - órgão militar de rastramento e vigilância do espaço aéreo brasileiro - detectado nada menos que 21 deles violando os céus do Brasil acintosamente e sem a menor das cerimônias!

Na seqüência das fotos, a tragédia do ônibus Espacial Challenger, ocorrida em 28 de janeiro daquele mesmo ano causando a morte de sete astronautas e cujas verdadeiras causas até hoje não foram bem explicadas. Pesando cerca de 80 toneladas e transportando 1,8 milhão de litros de combustível à base de hidrogênio e oxigênio líquidos, a gigantesca espaçonave americana possivelmente foi atingida aos 14 quilômetros de altitude por algo que se parece com uma espécie de "raio alaranjado" (tal como um laser) que pode ser visto na foto da esquerda, apontado pela seta. A seguir, partindo do ponto atingido, houve uma ruptura que aumentou progressivamente até ocasionar a violenta explosão que destruiu tudo. Não se sabe a verdadeira missão da Challenger, porém fala-se que teria objetivos essencialmente militares, relacionados, segundo se especula à chamada "Guerra Nas estrelas" do então Presidente Ronald Reagan - um escudo defensivo no espaço, visando a interceptar e destruir "naves inimigas" - e também.... aproveitando a missão mapear certos "satélites" não-terrestres, e portanto alienígenas, que orbitam o nosso planeta!

Finalmente revelado ao mundo o esquema técnico do "Disco voador" nazista! Este documento foi mantido sob o mais absoluto sigilo desde o término da Segunda Guerra Mundial, em 1945, e nos mostra nos mínimos detalhes a terrível arma que o Terceiro Reich estava desenvolvendo e inclusive testando - e contra a qual não haveria qualquer tipo de defesa!

E em fevereiro de 2002, veio à tona este misterioso documento, revelado pelo Serviço de Operações Especiais do Governo Britânico. Emitido em Viena, em 1941 e portanto em plena Segunda Guerra Mundial, este passaporte alemão tem um proprietário bem estranho: o próprio Adolf Hitler! O curioso é que a letra "J" em vermelho o identifica como Judeu - o povo considerado o inimigo número 1 do Reich e do qual seus exércitos assassinaram cerca de 6 milhões de pessoas! O mistério que envolve este insólito documento continua: teria sido uma falsificação? Um brincadeira? Ou então O QUÊ?

Foto recentíssima do planeta Marte, obtida pela NASA, e que nos mostra algo verdadeiramente impressionante: todo o planeta coberto por nuvens! Note-se ainda, bem próxima da calota polar norte (onde por sinal tem gelo e portanto água), um imenso furacão cujo "olho", ou centro, é bem visível revolvendo formações nebulosas. Mais uma prova que o planeta vermelho já deve ter abrigado a vida em tempos muito recuados, também sinalizando que a atual existência dela ainda se torna possível, uma vez que água, gelo, nuvens e - até uma tênue atmosfera - estão ali presentes.

CONFIRMADO! As Antigas Tradições das Escolas de Mistérios autênticas, muitas vezes ridicularizadas pelos céticos, tinham razão! No ano 2000, certos documentos secretos relacionados a um sofisticado radar de penetração subterrânea denominado SIRA, revelaram que em 1978, e sob expressa autorização do então Presidente Sadat, foram efetuadas sondagens no Egito, precisamente junto à Grande Pirâmide e a Esfinge, situadas no planalto de Gizé. Um dos cientistas envolvidos no projeto, o Dr. Jim Hurtak, mostrou um filme durante uma conferência realizada na Austrália, no qual são expostas as incríveis imagens de uma vasta metrópole megalítica, cuja idade é estimada em cerca de 15 mil anos Antes de Cristo - situada vários níveis abaixo do Planalto de Gizé e denominada pelos pesquisadores de "A Cidade dos Deuses"! Essas estonteantes imagens mostram câmaras maciças; espécies de catedrais; enormes estátuas; outras estranhas edificações; além de lagos e canalizações subterrâneas artificiais! Segundo o cientista, diversas escavações altamente secretas e sigilosas foram realizadas, tendo os pesquisadores de fato penetrado e até mesmo percorrido e filmado alguns trechos desse imenso complexo, no qual, em certas câmaras seladas, foram inclusive recolhidas, segundo ele, "pilhas de registros e artefatos que representam o legado de uma tecnologia muito superior à nossa"!

Aliás, segundo revelou o Professor Hurtak, o Egito não é o único lugar do planeta a abrigar os vestígios dos "Deuses Distantes". As pesquisas têm prosseguido em segredo por durante décadas, e igualmente nos vastos complexos das pirâmides maias foi descoberta uma imensa rede de túneis subterrâneos a partir de Tikal, estendendo-se por mais de 800 quilômetros! E desde a Guatemala, até o Continente da América do Sul, essas edificações subterrâneas têm sido detectadas e devidamente mapeadas através do equipamento SIRA! Logicamente o Brasil não está fora desse contexto pois, conforme já vimos nas páginas anteriores deste site, há muito tempo o Projeto RADAM já os tinha detectado. E isso por sinal já custou o misterioso desaparecimento de algumas pessoas que tentavam identificá-los - como por exemplo foi o caso do avião PT-KHK, desaparecido desde 1980 com cinco geógrafas daquele órgão governamental e dois outros tripulantes.

Esta é a famosa Pedra Pintada, na Serra do Parima, Estado de Roraima, Brasil, descoberta pelo arqueólogo Marcel Homet. Um gigantesco monumento que na verdade trata-se de um imenso painel com cerca de 600 metros quadrados repleto de caracteres alfabéticos, elaborados por uma civilização muito antiga e desconhecida - caracteres estes que viriam a ser considerados "A Língua Mater da Humanidade Terrestre", uma vez que já estampavam - há cerca de SEIS MIL ANOS ANTES de elas existirem - os sinais que viriam a compor os alfabetos de muitas antigas culturas que habitaram o noso planeta!

E aqui nesta outra foto, também tomada por aquele notável arqueólogo, um sertanejo posa ao lado das profundas cavernas que se dirigem rocha adentro e são justamente demarcas pela Pedra Pintada. São denominadas "Cavernas Sepulcrais" e por razões desconhecidas ninguém se atreve a nelas penetrar!

E junto a esse misterioso complexo de profundíssimas cavernas, uma pedra contendo estranhos caracteres talvez sirva de advertência aos eventuais profanadores.....!

Em 1925 o Coronel do Exército Inglês Percy Fawcett desapareceu para sempre nos confins do Estado Brasileiro de Mato Grosso, nas proximidades da Serra do Roncador (que aliás tem este nome pelo fato de "as pedras roncarem" quando os OVNI delas se aproximam e somem no interior das montanhas), ao procurar por cidades perdidas remanescentes da colonização Atlante. Fawcett tinhas indícios suficientemente fortes para acreditar na existência delas, tanto que chegou a mandar para o seu filho Bryan um bizarro ídolo de basalto negro, contendo no seu corpo as estranhas inscrições acima. Bryan Fawcett - que também desapareceu alguns anos depois nas selvas brasileiras à procura do pai - declarou: "Tenho em meu poder uma imagem de cerca de 10 polegadas de altura, esculpida em basalto negro. Representa uma figura que traz ao peito uma chapa, na qual está gravado um certo número de caracteres. Nos tornozelos, traz uma chapa com sinais do mesmo tipo. Tudo me leva a crer que ela provenha das cidades perdidas. Há nessa imagem algum poder especial, perceptível a todos que a tomem nas mãos. Ela causa nos braços de quem a segura uma espécie de descarga elétrica. Esse choque é tão forte que algumas pessoas são obrigadas a largá-la. Qual a razão disso é coisa que ignoro".

Arthur C. Clark certa vez escreveu que qualquer tecnologia superior à nossa pode ser encarada como uma forma de magia. Isso vale para os antigos povos do passado que consideravam "deuses" todos aqueles que tripulavam máquinas voadoras, muito acima da limitada compreensão das épocas. Assim, devemos encarar com outros olhos - os olhos do Terceiro Milênio - todas a grandes verdades escondidas, ou talvez veladas, pelas metáforas dos livros antigos e tradicionais. Os "Deuses", se é que assim podemos chamá-los, sempre estiveram e ainda continuam por aqui. Hoje, ao invés de "Anjos" ou "demônios", os chamamos de Ufonautas, ETs, e etc. Mas, sejam lá que nomes verdadeiros tenham, podemos assegurar que dentre eles existem os benéficos e também os malévolos. A verdadeira História, como também a verdadeira Gênese da Humanidade, estão ocultas, aptas a serem devidamente desveladas e trazidas à luz do conhecimento humano, uma vez que os tempos chegaram e as mentalidades se fazem abertas e talvez propícias . E as metáforas, os mitos e as lendas, tudo isso terá seguramente relevância nessa busca. O Homem caiu pela primeira vez, perdendo o Paraíso, ao ser tentado pela "serpente" e principalmente por ter abusado da "Árvore da CIÊNCIA do bem e do mal". Hoje, os vestígios da queda do homem estão emergindo, aqui e ali, confrontando a pesada cortina de silêncio que tentam nos impor. E nos nossos céus as "carruagens de fogo" do passado remoto estão de volta, tal como espectros silenciosos porém altamente eloqüentes que certamente deverão nos servir de aviso ou - quem sabe muito possivelmente - como uma grave e severa advertência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário