quinta-feira, 29 de novembro de 2012

O lado oculto da Igreja Católica #7 – Erros e mais erros


filmeamc3a9
Depois de quase cair devido as traições e golpes baixos que aplicava até mesmo em seus amigos mais chegados, a Igreja teve que se aliar a alguns dos piores vilões de nossa história para conseguir se manter em pé.
holocaustoPor isso no ano de 1933, o Partido de Centro, que era a legenda católica na Alemanha, apoiou Hitler a virar um imperador, mas o Papa não era muito simpático a ele, contudo isso não era o que aparentava na época, tanto que durante a Guerra, a Igreja jamais condenou os nazistas pelo Holocausto e virava a cara como se nada estivesse acontecendo, enquanto milhões eram mortos na sua frente.
E para piorar, no final da Guerra, o Vaticano e a Igreja ajudaram diversos nazistas católicos que queriam fugir para a Argentina. Assim diversos vistos para os criminosos de guerra foram conseguidos graças à Igreja e sua influência.
padres-nazistas
Durante décadas a Igreja jamais se manifestou sobre o assunto, querendo que todos se esquecessem do que ela havia feito ou não feito durante a Segunda Guerra, mas quando João Paulo II assumiu o trono de Papa, resolveu vir a público e pediu desculpas pelas omissões de sua instituição e admitiu que ela cometeu erros graves na guerra. Pela primeira vez a Igreja assumia a culpa por seus erros e
1euro_vaticano_prueba (1)
pedia desculpas aos seus fiéis.
Mas antes que João Paulo II assumisse a Igreja e fizesse um pedido de desculpas, outras ações vergonhosas dela vieram a público, pois o Banco do Vaticano, um dos mais ricos do mundo, viria a se envolver com máfia, sonegação de imposto, lavagem de dinheiro, corrupção e tantos outros crimes.
Se você quer saber quais foram as mutretas do Banco do Vaticano, os investimentos bilionários que a Igreja é dona e tudo que ela faz para se manter multibilionário, curta esse post e espere a continuação!

Nenhum comentário:

Postar um comentário