quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Curiosidades sobre o olho de Hórus, ou “Udayt”...


Sempre que se fala em ocultismo, bruxaria e misticismo ele estará lá: o famoso olho de Hórus, que para muitos céticos estudiosos é um símbolo presente na escrita hieroglífica do Egito Antigo. Também conhecido por alguns como Udyat, ele simboliza muito mais que um significado egípcio, mas também proteção e poder. Na época dos faraós era considerado um amuleto sagrado capaz de tirar o mau olhado e desviar a inveja.


Segundo a lenda do Egito Antigo, o olho esquerdo de Hórus simbolizava a Lua e o direito, o Sol. Durante uma luta, o deus Seth arrancou o olho esquerdo de Hórus, o qual foi substituído por este amuleto, que não lhe dava visão total, colocando então também uma serpente sobre sua cabeça. Depois da sua recuperação, Hórus pôde organizar novos combates que o levaram à vitória decisiva sobre Seth. Era a união do olho humano com a vista do falcão, animal associado ao deus Hórus. Era usado, em vida, para afugentar o mau-olhado e, após a morte, contra o infortúnio do além.

O olho direito de Hórus representa a informação concreta, factual, controlada pelo hemisfério cerebral esquerdo. Ele lida com as palavras, letras, e os números, e com coisas que são descritíveis em termos de frases ou pensamentos completos. Ele aborda o universo de um modo masculino. Já o olho esquerdo representa a informação estética abstrata, controlada pelo hemisfério direito do cérebro. Lida com pensamentos e sentimentos e é responsável pela intuição. Ele aborda o universo de um modo feminino.


Por representar um deus muito forte, potente e importante, ganhou outros significados, como a matemática. O olho de Hórus, em fragmentos, entrava no sistema numérico simbolizando frações; assim, meio olho era ½, por exemplo.

Hoje em dia ele é muito usado na superstição para espantar o mal e a inveja para cima de quem utiliza-se do amuleto, atraindo poder, vigor, proteção e saúde. No entanto, é muito confundido com o olho da Providência Divina, o olho que tudo vê e tudo sabe. Por ser um símbolo comum do ocultismo e do desconhecido, acabou também sendo misturado a teorias conspiratórias, associando-o a ordens secretas.


O uso do “udyat” na medicina...
Um dado interessante é que o olho de Hórus está, também, presente na medicina e sua origem é bem especulada. Uma das explicações é a que aponta uso do amuleto como proteção e busca de boa saúde; assim, os faraós usavam o símbolo para a boa recuperação em um período de doença. Por ser ainda considerado o olho poderoso de um deus, tornou-se o símbolo da radiologia; é muito comum encontrarmos olhos de Hórus em algumas clínicas de raio-x em algumas partes do mundo simbolizando essa prática médica. O símbolo une um olho humano com as marcas de um falcão, ou cicatrizes da restauração, pois Hórus tinha a cabeça de falcão. Tem sido usado por séculos, representando saúde e proteção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário