segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Mulher escolarizada demais prejudica a nação, afirma rabino


Zvi Tau disse que Deus decidiu 
que mulher tem de ficar em casa

O rabino Zvi Tau, de Israel, escreveu que a mulher não deve ser escolarizada demais, receber educação formal, para não "prejudicar a qualidade de vida da nação”. 


Para ele, Deus determinou que o “habitat natural” da mulher é dentro de casa, onde ela pode expressar “as suas qualidades especiais e viver sua vida plenamente”. 


Não se trata de um rabino qualquer. 


Ele é um dos principais mentores do nacionalismo religioso, cujas interpretações do Torah estão próximas das dos judeus ultraortodoxos.  


As afirmações constam em um documento de circulação interna que vazou para o jornal Haaretz. 


Ele argumentou que as mulheres não são discriminadas e o que ocorre é que o espaço dela é outro em relação ao dos homens, de acordo com a vontade divina. 


Afirmou que as mulheres, por serem mais emocionais, devem ficar longe das “profundezas da ciência e da moralidade”, dedicando-se a dar à luz e criar os filhos. “É a vocação dela.” 


Com informação do Jornal de Notícias.

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2012/07/deus-quer-que-mulher-fique-em-casa-diz-rabino.html#ixzz22FJEcQqK
Paulopes informa que reprodução deste texto só poderá ser feita com o CRÉDITO e LINK da origem. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário