sábado, 30 de março de 2013

Barbárie Praticada Pelo Catolicismo Na Idade Média Pela Santa Inquisição


Quero antemão, dizer que não tenho nada de antagonismo aos devotos do catolicismo ou de qualquer outra religião. Portanto, quero saber depois que você lê este artigo caro amigo, se você vai ter a honra ou eufemismo de dizer que é católico apostólico romano outra vez? Doravante, tentarei explicar de maneira sucinta o que fora a “santa inquisição”.
A santa inquisição, foi um tribunal eclesiástico criado com finalidade “oficial” de investigar e punir os crimes contra a fé católica. Mas para tal incumbência precisaria de um coadjuvante, ou seja, vários inquisidores, que eram cidadãos, doutores em Teologia, Direito Canônico e Civil, encarregados de investigar os hereges (que eram para o catolicismo pagãos, ou melhor, não devotos do catolicismo). Ademais, os inquisidores e informantes eram muito bem pagos. Outrossim, os inquisidores tinham de ter no mínimo 40 anos de idade e tinham toda a autoridade outorgada, quero dizer autorizada pela Vossa Santidade o PAPA. Todos que testemunhassem contra uma pessoa supostamente herege, recebiam uma parte de suas propriedades e riquezas, caso a vítima fosse condenada.

Então, faço a seguinte indagação: será que a riqueza do vaticano, não veio da santa inquisição e com as vendas das indulgências vendidas ao povo leigo para tirar, ou melhor, absolver as almas perdidas do purgatório?


Métodos executados pela inquisição na Idade Média. Uma descomunal carnificina e sadismo praticado outrora. Os inquisidores utilizavam-se de diversos recursos para extrair confissões, algumas são:



 1. Queimados vivos na praça pública como forma de coagir e intimidar a população. As mulheres eram vitimas de estrupo e totalmente depiladas pelos torturadores que procuravam um suposto sinal de Satã, que podia ser uma verruga, uma macha na pele, mamilo excessivamente enrugados era a prova que era bruxa “amamentava” os demônios, etc.
 2. Pêra, instrumento metálico em forma semelhante à fruta. Era introduzido na boca, ânus ou vagina da vitima e expandia-se gradativamente. Era usado pra punir, adúlteros, homossexualismo, incesto ou “relação sexual com Satã”.
 3. Cadeira, uma cadeira coberta por pregos na qual a vítima era obrigada a sentar-se despida. Além de cintos de couro pressionava a vítima contra os pregos intensificando o sofrimento e também se colocava brasas na parte inferior para queimar a vítima.
 4. Berço de Judas, peça metálica em forma de pirâmide sustentada por hastes. A vítima, sustentada por correntes, é colocada “sentada” sobre a ponta da pirâmide. O afrouxamento gradual ou brusco da corrente manejada pelo executor fazia com que o peso do corpo pressionasse e ferisse o ânus, a vagina, cóccix ou saco escrotal.
 5. Esmaga cabeça, como um capacete, a parte superior desse mecanismo pressionava, através de uma rosca girada pelo executor. Quebrava o maxilar por ser menos resistente e esmagava literalmente o crânio deixando fluir a massa cerebral da vitima.
 6. O serrote, usado principalmente para punir homossexuais, o serrote era uma das formas mais cruéis de execução. Partia literalmente ao meio o condenado, que presos pelos pés com as pernas entreabertas de cabeça para baixo. O cérebro ainda oxigenado pela posição invertida. A vitima perdia a consciência quando o serrote atingia a altura do umbigo.
 7. Empalação consistia em inserir uma estaca no ânus, umbigo ou na vagina da vitima, a golpes de marreta. Neste método, a vítima podia ser posta “sentada” sobre a estaca ou com a cabeça para baixo de modo que a estaca penetrasse nas entranhas da vítima.
 8. Gaiolas Suspensas, pouco maiores que a própria vítima. Nela o condenado, nu ou seminu, era confinado a gaiola suspensa em postes de vias públicas. A vítima morria de inanição ou frio em tempos de inverno. O cadáver ficava exposto até que se desintegrasse. Esses são alguns resumos dos métodos praticados pela santa igreja católica, atos inescrupulosos autorizados pelos Papas da Idade Média. Queres ver na íntegra acesse o site abaixo.

De acordo com Justine Glass afirma que cerca de 9 milhões de pessoas foram acusadas e mortas, entre os séculos que perdurou a perseguição. A inquisição fez vítimas na Europa em Cuba Nova Inglaterra (atual E.U.A), Itália, Espanha, França, Escócia, Alemanha, Brasil, etc.


Extraído de: AD TENEBRAS; MISTÉRIOS ANTIGOS, OCCULTA PORTAL MEDIEVAL AND MYTHOLOGICAL AREA.
ADAPTADO POR SPECTRUM. URL: http://www.spectrumgothic.com.br/ocultismo/inquisicao.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário