sábado, 9 de março de 2013

Eram Os Deuses Astronautas? Não! Eram Alienígenas.



Há milhares de anos, em todas as culturas, povos e civilizações os deuses sempre fizeram parte de todas as culturas antigas. Mas quem eram esses seres? Eles sempre apareciam para ajudar, e sumiram com a promessa de volta, mas será realmente existiram, ou são apenas mitologias. Pois se eram mitologias, os povos antigos tiveram um grande trabalho para formular essas histórias que perduram até hoje, em várias partes do mundo, como na Índia e em outros lugares do mundo.
Eram Os Deuses Astronautas, é um livro que explica de varias formas, a ligação dos povos antigos com alienígenas, e as provas são incríveis, e nos leva a pensar sobre o conceito de religião primitiva, revendo os primórdios de todas essas religiões, sejam elas politeístas, monoteístas, etc. E em todas elas existe um ser que vem céus em favor do homem.
Pois bem, Erich Von Daniken teve a grande idéia de escrever essa obra que é sucesso até hoje. Mas como ele provaria que o que fala é fato. E ele se respondeu, é só olhar ao redor do mundo, as pirâmides, as linhas de Nazca, a ilha de páscoa, as pirâmides do sol e da lua, no México, Stone Henge, tudo isso estava ai para que nós pudéssemos ver e nunca prestamos a atenção nesse sentido das coisas. A pergunta é: Como civilizações antigas construíram todos esses monumentos, por quê? Para quem?
Vamos começar e ver os mistérios. Poderiam ser os deuses visitantes de outro planeta trazendo conhecimento para nós. As linhas de Nazca, todos aqueles desenhos em proporções tão grandes que só poderiam ser vistas do alto. Desenhos de aranhas, macacos, e seres humanóides. Seriam esses desenhos um chamariz para os “deuses astronautas”, de que ali seria o local preparado para pouso deles, querendo dizer “ei estamos aqui!”. Em Nazca, vemos linhas retas, que perduram por quilômetros e quilômetros, seriam aquelas linhas de pouso?
Na segunda guerra mundial, tropas norte-americanas criaram bases áreas em ilhas remotas no pacifico. Para os nativos daquela ilha, pareciam que eram os deuses voltando para ajudá-los. Pois nunca haviam visto aviões, e os soldados estavam dando suplementos para os nativos, como comida enlatada, carne. Quando a segunda guerra acabou, as bases áreas já não eram necessárias e partiram. Depois disso os nativos olharam para cima e se perguntaram, onde estão eles, nossos deuses. Eles achavam bom toda àquela comida que recebiam sem precisar caçar ou coisa do tipo. Então eles construíram aviões de madeira nas bases aéreas vazias, para que aqueles aviões voltassem, e trouxessem alimentos. E toda uma religião se formou em volta disso, eles realmente acreditaram que aqueles eram seus antepassados que voltaram. 
Voltando á Nazca. Se os extraterrestres quisessem saber como é o nosso planeta, Nazca é uma boa fonte matéria prima para saber a composição de nosso planeta, pois lá nós encontramos urânio, ouro, o que seja, é praticamente um resumo do nosso planeta, pois todas as matérias primas são encontradas lá em grande quantidade.
Interessante, se as civilizações antigas foram realmente visitadas por extraterrestres, nós claramente poderíamos ver isso em sua literatura e arte. Mas isso não é muito difícil...  E se podem encontrar testemunhos de ÓVNIS, e esses relatos podem ser vistos na Bíblia.
Em Ezequiel, encontramos o testemunho dele, de que ele viu criaturas descendo dos céus em uma espécie de nave, ele descreve como sendo “esplendores de Deus”, e que em volta desce aparelho voador, ele descreve uma criatura humanóide, alada com quatro faces. Para Von Daniken, isso é o relato de uma avistagem de OVNI.  Esse aparelho voador é descrito como rodas dentro de rodas, isso parece mais tecnológico do que sobrenatural, então podemos afirmar que as pessoas antiguidade não sabiam discernir algo sobrenatural e alta tecnologia.         
Outro personagem bíblico interessante que fascina Von Daniken é Enoch.
Von Daniken diz: “Enoch não faz parte da bíblia, na bíblia, no antigo testamento, existe somente uma linha que fala sobre Enoch, e é só, mas nos textos apócrifos existem muitas menções, se você os ler, você encontra o livro de Enoch. Enoch foi primeira pessoa na antiguidade, que escreveu na primeira pessoa, eu fiz, eu vi, eu estava lá. Então ele levado para os céus, conheceu o divino, o chamado divino, na religião eles o chamam Deus, e o divino disse aos seus cervos ensinem a esse jovem a nossa língua, e nossa escrita. E depois ele escreve livros, e é claro ele os cita, todos, pelos nomes, ele sabe a profissão deles, ele sabe qual desses extraterrestres é astrônomo, então Enoch é a primeira e única pessoa milhares de anos que menciona alguns dos nomes dos extraterrestres, e cita algumas de suas profissões. Como isso possível? Nós temos uma testemunha, e ninguém fala sobre isso. Então eu fiquei muito confuso.”          
        
A pesquisa de Von Daniken descobriu evidencias de outro fenômeno discutivelmente extraterrestre e não só na bíblia, quase toda a religião tem estórias semelhantes sobre divindades com poderes e habilidades espetaculares, que vem a terra e influenciam diretamente as vidas dos homens. “Um dia eu disse a mim mesmo, espere ai, essas estórias são parecidas em muitas religiões antigas, eles estão falando extraterrestres, esses chamados deuses estão aqui, eles dão ordens, eles forçam os humanos a fazer determinadas coisas e um dia eles desaparecem, mas eles sempre desaparecem com a promessa de um retorno num futuro distante.” diz Von Daniken.
Na Índia também podemos encontrar exemplos muito convincentes da visita de extraterrestres, não só a visita, mas também a integração deles no ambiente humano. No Bhagavad Purana, existe uma descrição uma de uma nave que era comandada por Shalva, um rei, que diz que o movimento da nave parecia estar em dois lugares ao mesmo tempo, e que voava como uma borboleta, essas características podem ser perfeitamente combinadas com as avistagens de OVNIS nos dias de hoje.



Também podemos encontrar imagens de extraterrestres em cavernas de todo o mundo, em estatuas, figuras e monumento, etc. Em todo o mundo encontramos exemplos de roupas de astronautas, naves, e imagens nas cavernas de homens com capacetes. Um bom exemplo é uma imagem de dois “astronautas” numa caverna na Itália. Então nós podemos se perguntar, o que pode ser o que pode ser?! Outro exemplo é de pinturas em cavernas nos estados unidos, que tem antenas e capacetes na cabeça, e no outro lado do mundo, na Austrália, encontramos o mesmo tipo de desenho, com capacetes. Alem de pinturas, temos uma escultura que é muito parecida com um astronauta moderno, e todas as características indicam que realmente é. Temos o capacete, botões de controle no peito, e todo o resto. E não há só uma, existem outras representações também. Na Colômbia, em uma tumba, foram encontradas espécies de aviões, feitos de ouro. Como aquilo poderia ter sido feito há 1500 anos, essas coisas são tentativas de representações das coisas que essas pessoas viram, e elas reproduziram do jeito que sabiam, com arte primitiva, esculturas, enfim.
Mas, para Erich Von Daniken, existe uma peça que não deixa dúvidas. È uma escultura na tumba de um rei maia. No sítio arqueológico de Palenke, no México, na tumba de lorde Pakal, um rei que foi venerado como um deus, segundo registros, ele teria mais de dois metros de altura. Seu sarcófago fica numa pirâmide no sitio arqueológico de Palenke. No sarcófago, existe uma representação de lorde pakal, e nela ele aparece como se estivesse dentro de uma nave, veja a imagem.
Ele empurra com o pé, uma espécie de pedal, com a mão segura controles, e na sua boca parece um tubo, que lhe fornece oxigênio, e embaixo o fogo do foguete. È incrível. E ainda temos mais. Um mapa que é de autoria de um almirante turco chamado Pire Reis, que mostra as costas da Antártida, e também as costas da Europa e o norte da África. Mas o que chama a atenção dos geólogos é a precisão desse desenho, esse desenho foi sobreposto a um mapa atual, e se encaixou quase que perfeitamente, principalmente na costa da Antártida, que nunca havia sido explorada, e o mapa mostra a costa da Antártida sob a camada de gelo!
Olha, eu já estou convencido de que fomos visitados por extraterrestres na antiguidade, mas temos muito mais coisas em que se apoiar, como no Egito, arqueólogos conservadores costumam dizer que a pirâmide de Gize, foi construída em 22 anos, mas isso seria impossível, pois engenheiros modernos afirmaram recentemente, que a pirâmide nunca poderia ser construída em 22 anos, pois seria preciso cortar, transportar e encaixar um bloco de pedra a cada nove segundos! E engenheiros afirmam que mesmo hoje não poderíamos construir isso em apenas vinte e dois anos. Também não podemos acreditar que Stone Henge, Puma punco, as pirâmides do Sol e da Lua foram feitas a mão. Querem que eu pense que homens da antiguidade construíram tudo isso a Mao! Eu não consigo acreditar.
Temos mais, mais!“No Egito, existem tradições antigas que dizem que a grande pirâmide foi construída por um faraó de nome Sauriti, e então eles dizem sauriti é mesmo que a comunidade hebraica chama de Enoch. Enoch é um profeta do antigo testamento, existem os livros de Enoch, chamados textos apócrifos. E você faz uma ligação entre Enoch e esses extraterrestres, ele diz claramente que conheceu esses extraterrestres, e temos os escritos nos livro de Enoch, onde ele da à ordem para construir um edifício, que não pode ser destruído por milhares de anos no futuro.” diz Von Daniken. Então podemos ligar as pirâmides aos extraterrestres da antiguidade. Também, sabemos que a pirâmide de Gizé fica no centro da mais longa linha de longitude, e no centro da mais longa linha de latitude. No exato centro de toda massa de terra. Incrível não. Além disso, cada uma de suas quatro laterais se alinha com os quatro pontos cardeais. Antigos textos egípcios afirmam que as pirâmides foram construídas por mãos humanas, com a assistência dos guardiões do céu, ou seja, os deuses. Então a teoria é de que as pirâmides foram construídas com mãos humanas, com a ajuda de extraterrestres.
E não acabam mais evidências, coincidências talvez, mas pirâmides estavam sendo construídas, em varias partes do mundo, e de varias formas. E o que estava levando essas pessoas a produzir tais monumentos, e como?
Bom talvez seja só uma coincidência, uma coisinha de nada, nada que importe, mas a área da pirâmide da Lua no México tem o mesmo tamanho da área da grande pirâmide de Gizé.
 Ilha de páscoa. Esse lugar é tão enigmático, e tão misterioso, que até hoje ninguém sabe como foram levantados todos aqueles monumentos, chamados Moais, que pesam toneladas. Poderiam ser aqueles Moais representações de extraterrestres, talvez. Mas, há cinco mil quilômetros da ilha de páscoa, em Tiuanaco, na Bolívia, existem monumentos muito parecidos, mas única diferença é que essas figuras de Tiuanaco foram construídas 15 mil anos a.c. 
Bom, todas essas evidências não deixam dúvidas, pelo menos pra mim. Todos esses monumentos, pinturas milenares que nossos antepassados nos deixaram, será que eles queriam nos dizer algo, ou apenas construíram todos os monumentos megalíticos sem nenhum motivo aparente. Se os Deuses eram alienígenas eu não sei, mas que eram de outro mundo, concerteza, e isso fica claro ao lermos textos antigos. Isso deixa mais uma pergunta, Eram Os Deuses Alienígenas?
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário