sábado, 9 de março de 2013

Leonardo da Vinci


Leonardo da Vinci, todos conhecem Leonardo Da Vinci o artista, mas vamos agora falar sobre sua vida, e outras áreas em que também se dedicou. Leonardo Da Vinci nasceu em 1452, num vilarejo da cidade de Vinci, província de Florença. Da Vinci, era filho de uma camponesa com um tabelião, que mais tarde se separam. A Mãe se casou com um homem da mesma classe de camponeses e o pai também se casou novamente. Essa ilegitimidade, mais tarde, o causaria certas aflições, mas enquanto isso, Leonardo, o menino, crescia no campo, sempre a observar a natureza, como o vôo dos pássaros, o movimento das águas nos rios, as formas anatômicas dos animais, enfim, desde criança ele era apaixonado pelas coisas da natureza.  
Em 1460, seu pai o leva para Florença, que nessa época era um atrativo da península, era a maior cidade-estado da Itália, seu pai o levou na esperança de se tornasse um artista já que não podia ser medico ou advogado, como queria seu pai, porque era filho ilegítimo, e isso o impedia de estudar normalmente como os outros e seguir a carreira do pai, como era de costuma na época. Essa regra da ilegitimidade era uma coisa que era realmente levada muito à sério na sociedade daquela época, mas Da Vinci conseguiu ultrapassar as fronteiras dos preconceitos de seu tempo. Leonardo ao chegar a Florença, é apresentado á Andrea Verochio, dono do maior ateliê de arte de Florença, lá ele desde já começa á aprender as técnicas de pintura. Da Vinci passa anos no ateliê, e enfim Verochio acha que ele já esta preparado para pintar. Leonardo ficou encarregado de pintar a figura do anjo do canto do quadro que retratava o batismo de Jesus.



Da Vinci começou a pintar a sua parte, e todos ficaram maravilhados com a perfeição da face e expressão, da cor e do movimento e leveza que trazia a imagem. Diz uma lenda que depois de ver o trabalho de Da Vinci, Verrochio jamais pintaria novamente, e partir daquele momento Da Vinci passou a pintar todas as faces do ateliê. E partir Leonardo ganhou fama, e com a fama a inveja. Da Vinci era homem bonito, diz se até que era um dos homens mais belos de Florença.
Adicionar legenda
Na cidade, havia urnas em praças, ou em outros lugares públicos, onde pessoas faziam denúncias anônimas. Numa dessas urnas acharam uma acusação contra Leonardo, sodomia, o acusaram de com três amigos, dos quais um era garoto de programa. Na época isso era um crime que poderia levá-lo a forca ou ate mesmo à fogueira. Leonardo passou semanas preso com seus amigos, enquanto a guarda investigava a denuncia. Logo foram soltos por falta de provas e também porque um dos pais de seus amigos era uma pessoa influente da cidade.
 Em 1482, Leonardo decidiu ir embora de Florença, pois a cidade havia virado um posso de competição entre os artistas, e Leonardo não agüentou a pressão a sua volta. Então foi para o ducado de Milão, na esperança de ganhar um cargo de engenheiro militar, Mas não foi bem isso que o duque conseguiu para ele. Da Vinci foi incumbido de projetar o sistema hidráulico do sistema de aquecimento do banho da duquesa, e também recebendo um baixíssimo salário para isso. Da Vinci sabia que teria de conquistar o duque para ganhar novos trabalhos e também seu pagamento. Assim ele sabendo que o duque era um homem de ego alto, projetou uma estatua eqüestre do duque. Tal estatua nunca pode ser erigida, apenas uma copia em argila, pois quando Leonardo conseguiu o molde para o cavalo, os franceses estavam cercando o ducado de Milão, e todo o bronze que seria usado na estatua, foi redirecionado para a fabricação de canhões para a defesa. Mas antes em 1498, Leonardo termina também uma obra muito esperada por Ludovico Sforza, o duque de Milão, A Ultima Ceia. Em 1496, Luca Paccioli, chega a Milão, Pacciole é um matemático, com o qual Leonardo aprende muito de sua matemática, e chega ate a o ajudar em trabalho chamado A Divina Proporccione.
Nos anos em que Da Vinci passou no castelo dos Sforza, trabalhou muito a sua matemática, seus inventos, e o estudo da anatomia. Ele começa a imaginar coisas que só seriam inventadas séculos depois de sua morte, como a roupa de mergulho, o helicóptero, o tanque de guerra. Enfim Leonardo também ganhou muito dinheiro para projetar fortificações, e armas. Leonardo também se arriscou em viver com um aprendiz, o qual ficou com ele ate a sua morte, e herdou boa parte deus trabalhos e escritos, seu nome era Salai, que significava demônio, pois ele era muito teimoso.
Leonardo passa o resto de sua vida o castelo de Cloux, na França. O rei nomina em um cargo na área de engenharia e arquitetura, e fica lá ate sua

Nenhum comentário:

Postar um comentário