segunda-feira, 1 de abril de 2013

Espiritualidade: desvendado o segredo que todo mundo agora deve saber








Ela advém da palavra espírito, que segundo a sua definição nos dicionários, nos promove a elevação, transcendência e sublimidade, é a parte imaterial do ser humano, que é gerenciado pela alma em si, a espiritualidade ajuda a desenvolver a capacidade de criar plenitude, alegria e felicidade em nossa vida, controla tudo do nível mais básico até ascender em nossa iluminação, é ela que dá a consistência de nossa existência vivencial, e é nela que se encontra o sabor para o nosso crescimento evolutivo.
Quando escolhemos trilhar no caminho da espiritualidade, nos empenhamos na conexão com a Luz do Criador, para absorver os Seus ensinamentos e assim evoluirmos como consciência que somos. Observando um pouco mais profundamente vemos que, nossa alma não tem nome, não é cristão, nem judeu, muçulmano ou budista; não é masculino ou feminino; não é limitada de nenhuma forma. Ela “é” eternamente…., por esse motivo venho aqui dizer: “Espiritualidade desvendado o segredo que todo mundo agora deve saber”.
A espiritualidade rege o conjunto mente, corpo e espírito, e o nosso Eu Interior se alegra na plenitude da espiritualidade, é o encantamento sublime que irradia a própria vida, estando ciente que tudo se faz em acordo com cada momento nesta somatória de experiência de cada agora vivido.
A espiritualidade está na honestidade de um cumprimento alegre ao seu semelhante, está na beleza e cores das flores no presente que são seus perfumes, no encanto dos pássaros, em sua leveza, e em seu cantar, no movimento e presença dos animais, no sentir o verde da natureza em seu âmbito maior e assimilar todo o seu benefício, tendo esse entendimento, preenchemos nosso interior com serenidade produzindo o bom humor, o bom sentimento que contribui com nosso progresso diante das mais diversas situações, facilitando nossa interação com o todo que está em tudo.
Há várias maneiras de compreendê-la com mais propriedade, uma delas está em entender a simplicidade do caminho a ser trilhado, nos apontando a maneira natural e espontânea que a expressão da Alma nos mostra para transformarmos o comportamento humano rígido e sombrio, e para que essa mudança se reflita em nosso ambiente naturalmente, precisamos nos movimentar com flexibilidade, harmonia e leveza que a alma nos mostra delicadamente, basta estar atentos, pois, essa compreensão é que facilita o entendimento que libera essa austeridade, mostrando nossa responsabilidade diante da escolhas, que define o nosso caminho a ser seguidos e entendido.
Dessa maneira natural, geramos harmonia interior entre mente, corpo e espírito, permitindo a Alma humana participar na luz da vida com desprendimento e elegância, nesta vestimenta temporária que nos concede os sentidos nesta fase evolutiva onde estamos agora, descomplicando, e discernindo melhor as situações vivenciadas.
Além de importante para o nosso crescimento individual, toda e qualquer decisão reflete na vida de outros sejam eles, familiares, amigos ou colegas de trabalho, por isso a observação de nossa espiritualidade é tão importante.
É fundamental agregarmos a espiritualidade em nosso dia a dia para que possamos agir com respeito, carinho, ética e moral. Cultivar o bom humor é o que nos liberta por não desejar o mau ao outro, dissolvendo a energia densa em si pelo ato praticado, revelando a sua espiritualidade.
Espiritualidade é o respeito com a própria vida, é exercer o direito de ir em direção a tudo que promove e constrói o melhor, que desmancha a opinião egoísta despertando o estado de gratidão nas oportunidades concedidas; no dever de cuidar com esmero da nossa natureza, do nosso corpo e de nossos relacionamentos.
A espiritualidade se dá quando reconhecemos que nada ocorre em nossa vida por acaso, e nada acontece sem nossa interferência, por isso se faz necessário perceber o quanto oscilamos em nossos pensamentos, em nossa energia, indicando a necessidade de desenvolvimento, evolução em equilíbrio, em cada movimento proposto, pois eles serão refletidos em nossa vida.
É perceber que tudo é perfeito em acordo com a nossa vibração, e que não há como ser de outra forma, tudo o que questiona e repulsa é o ego negando o avanço que precisamos, na necessidade de se abrir para aprender cada movimento, cada ensinamento novo que se apresente independentemente de ser bom ou não.
Quando nossa pretensão grita dizendo que algo não deveria ter acontecido, é o nosso ego, nossa mente em conflito que se vê diante do apego, na vaidade egoísta que provoca essa sensação que detém o desenvolvimento da alma, interrompendo a evolução espiritual, pois, quando nossa compreensão se abre, nossa consciência aceita cada fato, cada circunstância no processo evolutivo, isso é espiritualidade agindo em nós, onde não importa o que está fora, e sim, o desenvolvimento interno necessário para o avanço na melhora do todo, ciente de que tudo que acontece no agora está certo.
Tudo tem seu tempo, sua razão e necessidade em nossa vida, nada é eterno na matéria efêmera, tudo tem o momento do encontro, o desenvolvimento necessário e o despertar do desprendimento é uma necessidade, é o processo aqui no planeta terra, na forma humana, a própria natureza nos mostra isso, porque nascemos, crescemos e nos desenvolvemos em tudo o que precisamos e depois disso, retornamos, desaparecemos da matéria, é o nosso ciclo, é a espiritualidade agindo em nós sempre.
Viver com espiritualidade é dar elegância a nossa roupagem nessa forma humana, dando sentido à vida, aprendendo a distinguir a beleza que há no respeito pela vida, o direito e os deveres de todo conhecimento adquirido, valorizando a experiência e nos abrindo na aceitação de cada processo como ele é, como ele se apresenta, e cada etapa essencialmente nos conduz a evolução na espiritualidade como ser em expansão que somos.

http://bloginspiraalma.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário