sexta-feira, 10 de maio de 2013

Hórus VS Jesus



Ambas as histórias de Hórus e Jesus são assustadoramente parecidas. Temos que levar em conta que a história de Hórus é mais antiga que a história de Jesus.

Portanto nem adianta dizer qual copiou de qual, não é?

Vejam bem as semelhanças:






O conto de Hórus foi escrito em cerca de 3000 a.C. 



O conto de Jesus foi escrito exatamente na era Cristã (entre 1 a.C. e 1 d.C.)


Hórus nasceu da Virgem Ísis. Jesus nasceu da Virgem Maria.



O nascimento de Hórus foi acompanhado por uma estrela a Leste, essa acompanhada por 3 reis. O nascimento de Jesus foi semelhante.



Hórus foi batizado por Anup. Jesus foi batizado por João Batista.



Ambos Anup e João Batista foram decapitados.


Hórus foi considerado uma criança-prodígio aos 12 anos. Jesus também.



Hórus começou seu ministério aos 30 anos. Jesus também.



Hórus teve 12 discípulos e viajou com eles praticando milagres Jesus também.



Hórus disse que é o príncipe da eternidade. Jesus disse que é a luz do mundo. 



Hórus disse que é o Caminho, a Verdade e a Vida. Jesus também.



Hórus andou sobre as águas. Jesus também.



Hórus ressucitou um home chamado El-Azar-Us. Jesus ressucitou Lázaro.



Hórus foi traído por Tifão. Jesus foi traído por Judas.



Hórus foi invejado e considerado "o rei dos egípcios". Jesus foi invejado e considerado "o rei dos judeus".



Hórus foi condenado a morte e crucificado. Jesus também.



Hórus foi enterrado. Jesus também.



Hórus ressucitou 3 dias depois. Jesus também.









Essas coincidências são muito evidentes, provando definitivamente que o mito de Jesus é uma copia tirada de uma entidade muito mais antiga!!!

Mas não pensem que foi apenas umas coincidências ou que a história de Hórus e falsa, uma vez que essas coincidências se repetem nos demais deuses de varias religiões.


Nos outros deuses, encontramos a mesma estrutura “mitológica”. Vejamos:




Mitra (persa – romano) 1200 a.C

Nasceu dia 25 de dezembro; 

nasceu de uma virgem;

foi batizado;

teve 12 discípulos;

praticou milagres;

morreu crucificado;

ressuscitou no 3º dia;

era chamado de “A Verdade”, “A Luz”

veio para lavar os pecados da humanidade.




Attis (Frígia – Roma) 1200 a.C.

Nasceu dia 25 de dezembro;

Nasceu de uma virgem;

Foi crucificado, morreu e foi enterrado;

Ressuscitou no 3º dia;



Krishna (hindu – índia) 900 a.C

Nasceu dia 25 de dezembro;

Nasceu de uma virgem;

uma estrela avisou a sua chegada;

Fez milagres;

Após morrer, ressuscitou.



Dionísio (Grego) 500 a.C

Nasceu de uma virgem;

Foi peregrino (viajante);

Transformou água em vinho;

Chamado de Rei dos reis, Alpha e ômega;

Após a morte, ressuscitou;

Era chamado de “Filho pródigo de Deus“.




Existem outros deuses com características muito semelhantes a estes:


• Adad de Asiría 

• Hércules da Grécia 

• Alcides de Tebas 

• Baal de Fenicia 

• Bali do Afeganistão

• Beddou do Japão 

• Crite de Caldea 

• Deva Tat da Tailandia 

• Indra do Tíbet 

• Jao de Nepal 

• Odin da Mitologia Nórdica

• Quetzalcoatl do México

• Salivahana de Bermudas 

• Tammuz da Siria 

• Thor da Mitologia Nórdica

Estes dos quais citei informações são os mais conhecidos porque co-existiram com a nova religião, chamada de cristianismo. Ou seja, quando o cristianismo surgiu, tais deuses ainda eram adorados. Este fato é o alicerce que sustenta a teoria do plágio cristão.


Vejam que as informações acima são as mais usadas para se alegar o plágio, por se assemelharem muito com o relato bíblico de Jesus.

2 comentários: