quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Descoberta de um texto antigo reacende polêmica sobre o possível matrimônio de Cristo.

Papiro do século IV sugere que Jesus de Nazaré era casado


(Fonte da imagem: Reprodução/Harvard Divinity School)
De acordo com uma notícia publicada pela Harvard Divinity School, um papiro do século IV sugere que Jesus de Nazaré foi casado com Maria Madalena. A descoberta foi apresentada durante um congresso em Roma e promete reacender a discussão sobre o possível casamento de Cristo.
Segundo a publicação, a pesquisadora Karen King apresentou uma lâmina de 4 por 8 centímetros escrita com tinta negra em copta — um antigo idioma que surgiu no Egito por volta do século III —, com textos visíveis tanto na frente como no verso do papiro. Embora apenas oito linhas sejam legíveis, Karen acredita que “elas apresentam a primeira prova de que alguns dos primeiros cristãos acreditavam que Jesus esteve casado”.

Será?

Conforme explica a pesquisadora, existem quatro palavras no fragmento — cuja tradução significa “Jesus disse a eles, minha esposa...” — que podem servir de evidência sobre o “estado civil” de Cristo.
O papiro pertence a um colecionador anônimo, que procurou a professora de Harvard para investigar o conteúdo da lâmina. A pesquisadora acredita que o mais provável é que as linhas pertençam a um texto sagrado perdido, conhecido como “Evangelho da Esposa de Jesus”.
Apesar de ainda precisar passar por algumas análises químicas, os exames preliminares parecem apontar que o papiro seja autêntico, baseados no tipo de linguagem e gramática presentes no fragmento.
Fontes: Harvard Divinity School e El Mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário