quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Os reflexos na espiritualidade da idiotização do brasileiro pelo PT através da cultura do opinacionismo






Quando uma pessoa me pergunta se eu acredito em determinado assunto relacionado à espiritualidade eu lhe pergunto se ela acredita em algum objeto qualquer que faça parte de sua vida. Exemplo: a pessoa me pergunta se eu acredito em reencarnação, então eu lhe pergunto: “Você acredita em lápis?” - no sentido da existência do objeto -. Os brasileiros foram completamente idiotizados para viver protestando contra “o sistema” e essa idiotização serve para que sejam contrários ao cristianismo, pois “o sistema” diz respeito à civilização, que é cristã, e é preciso ser idiota para ser contra a civilização. Os brasileiros se sentem o tempo todo no dever de ter opinião sobre tudo, mesmo que não exista a abertura para se ter uma “opinião” diante de um fato, como a existência de um objeto. Um lápis é um lápis independentemente da opinião de quem quer que seja. Se uma pessoa não acredita que os lápis existam, os lápis do mundo não deixarão de existir porque ela não acredita que eles existem. Não obstante, a idiotia dos brasileiros lhes impede de responder à supramencionada pergunta, pois sempre acham que há algo a mais na questão e assim vivem suas vidas, sempre alertas para contestar o sistema vigente, mesmo que seja contra a Verdade.
Pessoa alguma jamais conseguiu raciocinar: “Ele está perguntando se eu acredito que os lápis existem, eu tenho um lápis aqui na minha mão, portanto, é claro que os lápis existem e é claro que eu acredito em lápis”. Uma simples pergunta não consegue mais ter uma simples resposta, pois é preciso ser contra o sistema e para ser contra o sistema é preciso contestar e ter opinião própria. É necessário revolucionar todas as coisas da vida, pois é preciso se rebelar para destruir o “sistema de alienação, opressão e manipulação” que existe no mundo. As pessoas foram adestradas para não aceitarem coisa alguma e tudo, inclusive uma pergunta como “Você acredita em lápis?”, deve ser analisada pelos olhos da crítica. O resultado é óbvio: um país de idiotas que caminham para andar de quatro na rua e comer fezes humanas para protestar contra “o sistema” que faz as pessoas andarem de pé e se alimentarem de alimentos. Este sistema de idiotização forma um autofluxo com a idiotia nata das pessoas. Só existem dois tipos de pessoas que votam no Partido dos Trabalhadores (PT): uma minoria, de má-fé, que vota no PT porque obtém vantagens pessoais do partido, e a esmagadora maioria de idiotas que não ganham coisa alguma votando no PT, mas vota.
A minoria necessita da maioria para sustentar o poder, pois no atual sistema eleitoral a maioria vence. Para o PT é necessário que a maioria seja idiotizada para assim votar no partido e para isso existe um sistema de idiotização em massa do indivíduo trabalhando a todo vapor. A cultura da opinião serve para isso, fazendo com que tudo deva ser considerado à luz da opinião, inclusive aquilo que não pode – por não ter como – ser condicionado a isso. O opinacionismo impede a evolução, pois quando uma pessoa se escora em uma opinião equivocada ela deixa de buscar a Verdade e isso é bom para o PT. Ao pegar um lápis azul e mostrá-lo à uma pessoa dizendo: “Veja, o lápis é azul”, a pessoa automaticamente vai contestar, protestar, relativizar e vai ficar anos discutindo a “opinião” dela sobre o fato de o lápis ser azul, sem se atentar que a sua opinião não alterará a cor do lápis. Os brasileiros foram também adestrados para “debater” e a perda de tempo com aquilo que não alcançará coisa alguma se tornou louvável. Pessoa alguma vê problema em perder tempo “debatendo” sobre o fato de um lápis ser azul e quem não perde tempo com isso é colocado à margem dos novos tempos do respeito à opinião contrária. No Brasil do PT não é preciso acertar, é preciso apenas igualar.
Para que as pessoas votem no PT é necessário que sejam idiotas e para isso é preciso que não evoluam. Para que uma pessoa aprenda equações de segundo grau é necessário que domine as operações básicas da matemática. Pessoa alguma aprende equações de segundo grau se não aprendeu a somar. Uma pessoa que não aprendeu que 1+1=2 não vai conseguir identificar X algum em equação alguma. O que o PT está fazendo é aprisionar as pessoas no 1+1=2 para que não alcancem o X. No Brasil do PT não existe verdade e mentira, não existe o que é certo e o que é errado; tudo “depende”, “não é bem assim”, “vai de cada um”, “é relativo” e todos ficam estacionados em sua “opinião” sobre o 1+1, sem se dar conta de que opinião não faz verdade ou mentira. Pessoa alguma no Brasil se preocupa com a Verdade, todos apenas se preocupam com a própria opinião e nas coisas espirituais isto é mais evidente ainda. O povo brasileiro é atrasado espiritualmente e vive de fato a Lei de Talião. Este atraso espiritual potencializa os estragos da cultura da opinião, pois para o brasileiro as coisas espirituais se resumem em “Eu acredito” e “Eu não acredito”. Em relação à espiritualidade o brasileiro é incapaz de dar algo além de uma opinião vazia.
Em nível algum de conhecimento a idiotização pela cultura do achismo é tão nefasta quanto na busca espiritual, pois a idiotice do apego à opinião vazia impede os resultados e faz aumentar o número de idiotas que acham que podem falar da espiritualidade sem ter experiência prática alguma, apenas baseados em seus achismos. São os idiotas que falam de espiritualidade como se estivessem discutindo sobre colocar – ou não – queijo ralado no macarrão e que acham que a espiritualidade é uma “troca de idéias”, como se uma idéia criasse ou desfizesse uma realidade espiritual. Espiritualidade é Verdade, não um “debate de idéias”. Toda pessoa que vê a espiritualidade como um “debate de idéias” é apenas mais um idiotizado pelo PT através da cultura do opinacionismo que impõe o debate e descarta a busca pela Verdade. Não existe discussão acerca da existência de cachorros e querer “debater” espiritualidade é querer “debater” a existência de cachorros. Não importa se alguém acredita na existência de cachorros, isso não mudará o fato de que eles existem. É preciso então não se deixar idiotizar ao perder tempo “debatendo” sobre a existência do que existe. Seria como macacos debatendo sobre a existência das bananas que estão comendo.
Os idiotas que endeusam suas próprias opiniões vazias não são melhores do que cachorros. Explico: é possível treinar um cachorro para que responda “sim” ou “não” através do movimento de cada uma de suas patas. O cachorro ao compreender o positivo (afirmação) poderia estender a pata dianteira direita à frente e ao compreender o negativo (negação), a dianteira esquerda. Este é o mesmo princípio que se aplica aos idiotas que confrontados pelas coisas da espiritualidade apenas subsistem para dizer “Eu acredito” e “Eu não acredito”. Como a mera opinião vazia foi alçada ao nível do conhecimento inquestionável, tais idiotas sentem-se no direito de se igualar a qualquer um sobre qualquer assunto com um mero “Eu não acredito”. O buscador da Verdade não deve sequer se apegar às próprias opiniões, pois opiniões não criam ou desfazem verdades. Algo não deixa de existir porque alguém não acredita naquilo ou passa a existir porque alguém acredita. Toda pessoa que admita não estar no mesmo nível de evolução de Deus – por onde seria sabedora de todas as coisas da Criação – e que sincera e honestamente queira buscar a Verdade deve se livrar dos próprios achismos. Para acabar com o Brasil o PT educou o brasileiro para acreditar ao invés de comprovar.
Reencarnação existe, independentemente de alguém acreditar nisto. A reencarnação não deixa de existir porque alguém não acredita nela e é uma absoluta idiotice, por ser uma completa perda de tempo, ficar “debatendo” com quem não acredita. O buscador não deve perder tempo com pessoas que têm apenas o objetivo de fazer valer suas opiniões. O tempo que um buscador perde “debatendo” com “pessoas legais que querem trocar idéias” sobre a não existência da reencarnação ele poderia estar utilizando para buscar a Verdade. Se a reencarnação existe e a pessoa, por diversos meios, já comprovou por si, ela se idiotiza a partir do momento em que passa a “debater” o tema com pessoas que não acreditam em reencarnação. Ela poderá passar o resto da vida ouvindo “opiniões” de tais pessoas sobre a não existência da reencarnação, mas a reencarnação não deixará de existir. Isto, obviamente, vale para todas as coisas relacionadas à espiritualidade. Extraterrestres existem e quem quiser evoluir no sentido do contato com extraterrestres não deve perder um segundo de sua vida com “pessoas legais que querem trocar idéias” sobre a não existência de seres extraterrestres. Pessoa alguma chega a um nível superior se não transcender o anterior.
Pessoas que jamais estudaram, pensaram, buscaram ou comprovaram um assunto urram opiniões como se fossem mestres encarnados que vieram iluminar a Terra. Este louvor à estupidez da opinião vazia tem o condão de afastar a população da Verdade, pois as pessoas foram adestradas para contentarem-se com a própria opinião, não com a Verdade. Para as pessoas não importa a Verdade, importa a própria opinião. Em um país de idiotas como o Brasil isso dá certo demais, pois é mais fácil urrar verdades baseadas na própria opinião do que ir atrás da Verdade. A população brasileira, idiotizada pelo PT, agarra-se como nenhuma outra ao próprio acreditar, dando-lhe (ao acreditar) os louros de uma comprovação inequívoca. É o caso dos idiotas que dizem que não acreditam em reencarnação, mas jamais tentaram fazer uma regressão, dos idiotas que dizem que não acreditam em espíritos, mas jamais presenciaram uma sessão mediúnica e tantos outros idiotas que se contentam meramente com suas opiniões vazias. O Brasil está em um nível de involução sem precedentes. Nunca houve tantos idiotas no país e é isso que justifica a continuação do PT no poder. Em um país de população com QI maior ou igual a 20 o PT jamais tomaria o poder.
O socialismo iguala à força todas as pessoas em todos os seus níveis de existência e o nivelamento é feito sempre pelo que há de mais ruim. O PT não quer que o lixo da sociedade evolua para o nível dos seres mais elevados, o PT quer que os seres mais elevados desçam ao nível do lixo que há na sociedade, pois assim se mantém no poder. Seres elevados não votam no PT, apenas os desgraçados espiritualmente. É mais fácil igualar alguns buscadores às milhares de bestas humanas do que igualar as milhares de bestas humanas aos poucos buscadores. O PT iguala a opinião vazia com o conhecimento para igualar os buscadores às bestas humanas. Os idiotas que se escoram em suas próprias opiniões vazias foram colocados no mesmo patamar daqueles que possuem o verdadeiro conhecimento, como se a opinião vazia de um lixo qualquer que não se preocupa com coisa alguma tivesse o mesmo peso do que diz uma pessoa que se dedica à busca do conhecimento. O PT implantou e cultiva no Brasil a obrigação moral e ética de respeitar todo tipo de idiota que consiga urrar “Eu acho” e “Eu não acho” e o brasileiro se identificou com isso, pois tudo isso é mais fácil do que buscar a Verdade – até porque, para buscar a Verdade, seria necessário um QI maior que 20 -.
Espiritualidade é aprendizado. Um arquiteto não aprende arquitetura conversando com um cachorro, um engenheiro civil não aprende engenharia civil conversando com uma samambaia e pessoa alguma aprende coisa alguma conversando com idiotas que ignoram completamente o tema em questão. Em relação à espiritualidade o buscador deve estar ciente de que há um mundo inteiro de idiotas que não estudam, não pensam, não buscam e não tentam comprovar coisa alguma, mas que escorados na cultura do achismo acham que podem falar o que quiser porque vivem a nova era do respeito à opinião alheia. Uma pessoa que não perde tempo conversando sobre reencarnação com um cachorro não deve perder tempo conversando sobre reencarnação com idiotas e uma pessoa que não perde tempo conversando sobre extraterrestres com uma samambaia não deve perder tempo conversando sobre extraterrestres com idiotas. Se há pessoas que querem andar de quatro na rua e comer fezes humanas porque acham isso certo, tais opiniões não lhes qualificam a tentar se igualar aos, ainda, bípedes que se alimentam de alimentos porque sabem que é o correto. É o Brasil distante da Verdade que elege o PT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário