terça-feira, 15 de julho de 2014

Você sabe o que é arqueologia ?


Jouhan e o Espelho de Zanandra
"Com foco em arqueologia, essa obra promete revolucionar o que você pensa a respeito de aventuras! Um livro construtivo e educativo, que mistura ficção com enigmas da História! Porém dentro das tendências mundiais de literatura, como mundos paralelos, seres mitológicos, etc..."
É UM IMENSO PRAZER PODER DIVIDIR ISSO COM VOCÊS!
LANÇAMENTO EM BREVE! EM BRASIL E PORTUGAL!!!


Bem, galera, essa foi a divulgação postada por mim no facebook! Porém, para que fique melhor especificado, vou mostrar aqui no blog, o que exatamente estou abordando! Segue abaixo! ;)
Arqueologia (do grego, « arqué », antigo, e « logos », discurso depois estudo, ciência) é a disciplina científica que estuda as culturas e os modos de vida do passado a partir da análise de vestígios materiais. É uma ciência social que estuda as sociedades já extintas, através de seus restos materiais, sejam estes móveis (como por exemplo um objeto de arte) ou objetos imóveis (como é o caso das estruturas arquitectónicas). Incluem-se também no seu campo de estudos as intervenções feitas pelo homem no meio ambiente.
A maioria dos primeiros arqueólogos, que aplicaram sua disciplina aos estudos das antiguidades, definiram a arqueologia como o estudo sistemático dos restos materiais da vida humana já desaparecida. Outros arqueólogos enfatizaram aspectos psicológico-comportamentais e definiram a arqueologia como a reconstrução da vida dos povos antigos.
Em alguns países a arqueologia é considerada como uma disciplina pertencente à antropologia; enquanto esta se centra no estudo das culturas humanas, a arqueologia dedica-se ao estudo das manifestações materiais destas. Deste modo, enquanto as antigas gerações de arqueólogos estudavam um antigo instrumento de cerâmica como um elemento cronológico que ajudaria a pôr uma data à cultura que era objeto de estudo, ou simplesmente como um objeto com um verdadeiro valor estético, os antropólogos veriam o mesmo objeto como um instrumento que lhes serviria para compreender o pensamento, os valores e a própria sociedade a que pertenceram.
A investigação arqueológica necessita do auxílio de vários outros ramos científicos (ciências naturais e sociais), assim como é importante adquirir o conhecimento empírico da população que nos rodeia, pois a fonte oral é muitas vezes o ponto de início para o desenvolvimento de algum estudo. Costuma-se dizer que "cada velho que morre é uma biblioteca que arde", pois é informação que se perde.

Uma investigação arqueológica começa pela investigação bibliográfica ou, em alguns casos, pela prospecção, que faz parte do levantamento arqueológico. Há uma grande diferença entre prospecção e sondagem, a primeira é para o levantamento e a segunda é o que dá inicio a escavação propriamente dita.
No levantamento, é sempre importante se observar as especificidades de um local: a abrupta mudança de coloração do solo (camadas estratigráficas), a presença de plantas não nativas, a presença de animais e outros aspetos.
Apesar de toda a dedicação, a arqueologia é amostral, porque trabalha com vestígios e não com a totalidade da história do local.
Fonte: Wikipédia

Bem, está aí, galera! Pra quem tinha dúvidas, talvez possa ser uma bela opção de profissão!
Um super beijo!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário