terça-feira, 9 de setembro de 2014

Academia de ascensão : Os elementos arquetípicos

post-08-21-1

A Consciência Universal tem se manifestado em uma infinidade de formas as quais representam algum aspecto da sua natureza infinita e perfeita, uma das representações mais arquetípicas fisicamente que permeia o grande desdobramento da personalidade da Fonte é a geometria sagrada conhecida como o cubo de Metatron.
post-08-21-2Este arranjo (com sua imagem caracterizada como a primeira do artigo) pode ser visto como 13 círculos (12 ao redor de 1) com todos os seus centros ligados por linhas retas (representando os aspectos feminino e masculino da criação), o que fica concluído na imagem aninhada são cinco polígonos muito importantes conhecidos como os sólidos platônicos que se correlacionam diretamente com os cinco elementos, estas cinco formas são as únicas estruturas do nosso mundo em que todas têm a mesma quantidade de faces e vértices, os gregos antigos incluindo Pitágoras e Platão os consideravam sagrados e eles assim como os alquimistas entendiam ser a própria estrutura da realidade física em escala microscópica.
Mesmo que o cubo de Metatron esteja sendo visto em 2D estes poliedros aparecem como três linhas dimensionais denotando que o cubo de Metatron pode realmente ser uma estrutura 3D também, quando você imagina como seria para transformar a imagem em 3D você realmente vê um tesserato se dobrando sobre si mesmo, traduzindo para um hipercubo 4D.
post-08-21-3
O arranjo 2D que estamos vendo é apenas uma sombra de uma sombra, revelando indícios da verdadeira forma arquetípica desta grande ferramenta de criação, com o princípio de correspondência em mente “Assim como é acima é abaixo, assim como é abaixo é acima” , entendemos que esta geometria tem o seu lugar em todos os planos da existência infundindo-se em todas as formas de experiência, com isso dito, devemos também entender que os sólidos platônicos têm o seu lugar em todos os planos, bem como a força dos elementos representados em vários graus de manifestação.
Vamos aprofundar esses vários graus de expressão dos elementos para que possamos entender melhor o Universo em que vivemos e criamos.
post-08-21-4(As informações são obtidas a partir de uma variedade de fontes, bem como se reuniram intuitivamente, para explorar mais sobre estes sólidos platônicos de um ponto de vista matemático clique aqui, também sabemos que o sentido das associações são apenas representativas como manifestações fractais e não são os únicos meios para acessar essas energias).
Terra:
Sólido Platônico: Hexaedro/Cubo
Faces/Vértices/Arestas: 6/8/12
Sentido: Toque
Matéria: Sólidos
Sustentação: Alimentos
Gênero: Feminino
Qualidade: Seco, Frio, Pesado, Passivo
Associação: Ação, Estabilidade, Fundação, Força, Prosperidade
Grande Plano: Físico (Foco 1)
Água:
Sólido Platônico: Icosaedro
Faces/Vértices/Arestas: 20/12/30
Sentido: Paladar
Matéria: Líquidos
Sustentação: Água
Gênero: Feminino
Qualidade: Úmido, Frio, Pesado, Passivo
Associação: Emoção, Sonhos, Fluidez, Dissolução, Limpeza
Grande Plano: Mental (Pessoal) (Foco 2)
Ar:
Sólido Platônico: Octaedro
Faces/Vértices/Arestas: 8/6/12
Sentido: Olfato
Matéria: Gasosos
Sustentação: Oxigênio
Gênero: Masculino
Qualidade: Quente, Úmido, Luz, Ativo
Associação: Liberdade, Movimento, Intelecto, Comunicação, Pensamento
Grande Plano: Mental (Coletivo) (Foco 3)
Fogo:
Sólido Platônico: Tetraedro
Faces/Vértices/Arestas: 4/4/6
Sentido: Visão
Matéria: Plasma, Eletricidade
Sustentação: Luz
Gênero: Masculino
Qualidade: Quente, Seco, Luz, ativo
Associação: Essência, Expansão, Esplendor, Criatividade, Purificação
Grande Plano: Espiritual (Causal) (Foco 4)
Akasha/Éter:
Sólido Platônico: Dodecaedro
Faces/Vértices/Arestas: 12/20/30
Sentido: Audição
Matéria: Quanta
Sustentação: Prana (energia vital)
Gênero: Nenhum e Ambos
Qualidade: Onipresença, Onipotência, Onisciência
Associação: Unificação, Mudança, Alquimia, Divindade
Grande Plano: Espiritual (Pura Consciência Infinita) (Todos os focos)
post-08-21-5Agora que temos uma compreensão básica dos elementos precisamos olhar para a composição cosmológica do Grande Plano Físico, isto vai mostrar um arranjo correspondente em relação à frequência vibratória desse elemento, o elemento mais próximo do nosso corpo físico é a Terra que está diretamente sob os nossos pés e torna-se o nosso corpo físico também, então nós temos a água enchendo as veias do nosso corpo e correndo através de cada veia e vale da Terra, fornecendo um componente crucial para a mediação de nutrientes e lubrificação eficiente para todas as funções ao longo da vida.
O ar em seguida permeia acima e em torno destes elementos, sendo inalado pela maioria das formas de vida como um meio essencial de sustentação, desempenhando um papel importante na dispersão natural da temperatura, do tempo e da pressão da biosfera, então nós temos o fogo com o Sol sendo o ponto central com os outros elementos orbitando ao seu redor e ele fornecendo luz e portanto, conhecimento, sendo a única fonte de calor (o que é essencial neste vácuo extremamente frio) e energia que é diretamente absorvida por toda a vida em qualquer modalidade, ele também aquece a água para que ela se precipite, suba e crie nuvens (algo para tomar nota das correlações espirituais posteriores).
Agora o Éter ou Akasha que pode ser visto como a matéria escura e o espaço vazio que existe em toda parte e em torno de todas as coisas, tornando-se 99,99999% de tudo, esta é a forma da onda quântica ou o campo de ponto zero que permite a realidade ser criada através da observação consciente, é a manifestação da presença do Divino feminino.
Alguns cientistas encontraram evidências de que o nosso Universo têm a forma de um dodecaedro, veja como esses elementos são aspectos absolutamente essenciais na vida e na criação ! Este é apenas no aspecto da matéria deste Grande Plano, vamos olhar mais profundamente em nossos corpos de energia para ver a correlação que podemos tirar de lá.
post-08-21-6Nosso chacra Raiz também é considerado o chacra da Terra porque está associado a manifestação física e ação, ele se conecta diretamente com a Terra através de nossos pés e outras vias de energia.
O chacra Umbilical é considerado o chacra da água, porque ele interage com o fluxo de nossas emoções e está associado a fluidos corporais.
O chacra do Plexo Solar está associado com o fogo, porque ele interage com a autoimagem ou essência pessoal e é considerado um armazém da poderosa energia da força de vontade, também é considerado a fonte de calor corporal.
Aqui existe um mistério que tenho contemplado por algum tempo, porque esses elementos vibracionalmente alinhados em outros sistemas o fogo vem depois do ar, mas no sistema humano o fogo vem antes do ar ? Meditei sobre isso, pedi orientação e até agora o que eu aprendi mesmo foi que estes elementos estão alinhados da maneira como eles estão nos planos superiores, há uma espécie de espiral de energia entre certos elementos e a forma como eles são direcionados para a manifestação das espécies.
Diferentes combinações de elementos criam diferentes formas de expressão de consciência, sendo dispostos de uma maneira que provoca um tipo único de progressão espiritual para cada espécie, nossa expressão particular como uma raça humana é através da progressão do ego e do autocontrole, quando conseguimos isto a nossa natureza de liberdade, amor, inteligência e comunicação são desbloqueados e abertos nos chacras do coração e da garganta, pode ser diferente para outras espécies mas temos que entender onde estamos em relação ao desdobramento do plano cósmico.
Akasha é representado como o chacra do terceiro olho e da coroa, eles são a nossa conexão com o Cosmos e os reinos divinos da consciência, nos conectam com um oceano quântico de possibilidades.

Aplicação Prática

post-08-21-7Quando visualizamos um sólido platônico em nossas mentes especialmente com o conhecimento do seu elemento correspondente estamos inconscientemente infundindo com esse pensamento uma vibração elementar, como nossos pensamentos têm forma real em um plano superior isso auxilia na prática para fazer o trabalho de energia e todas as formas de criação dimensional superior.
Como cada elemento é representativo vibracionalmente de um foco também poderemos usar essas geometrias como portais conceituais para reinos mais elevados da existência, usando o cubo como um portal simbólico lhe permitirá se deslocar para a zona do tempo real, enquanto que ao usar o icosaedro lhe permitirá se deslocar para o foco 2, o octaedro o levará ao foco 3, o tetraedro e a estrela tetraedro irá levá-lo ao foco 4 e o dodecaedro irá conectar você com os registros akáshicos ou o campo do ponto zero, explicaremos os métodos de como fazer em nossa próxima fase de maestria.
Outro método de invocar estas energias elementares é através do uso de mudras ou posições da mão, cada um dos nossos dedos pode ser associado a um elemento, assim como os próprios cinco dedos do nosso corpo físico são um desdobramento direto dos cinco fractais arquetípicos dos planos de existência, cada membro pode estar associado com um elemento mas existem muitas interpretações de como estas energias podem fluir, na maioria dos casos aqueles que acreditam em suas interpretações estarão de acordo com a estrutura de crença quando direcionarem o fluxo dessas energias, por enquanto, vamos nos concentrar em concordar com uma associação padrão para os dedos.
O dedão sempre é Akasha, quando ele se conecta com outro elemento dedo produz a força elemental através da transferência do prana nele, a partir daí será um índice o indicador é associado com o ar (porque ele dirige a atenção mental), o médio é associado com o fogo (porque o sistema de energia humano nomeia-o menor do que o ar), o anelar é associado com a água (como é a veia que conecta diretamente ao coração permitindo que ele seja mais ajustado para a corrente sanguínea) e o dedo mindinho com a Terra (porque é o “menor” em vibração).
post-08-21-8Aqui está uma técnica rápida para equilibrar todas as energias elementares dentro de você:
Use o seu polegar e conecte-o com seu dedo mindinho, faça cinco respirações profundas, inspirando pelo nariz e expirando pela boca, faça o mesmo com o seu dedo anelar, em seguida com o seu dedo médio, depois com o seu dedo indicador, então finalmente, coloque todos os cinco dedos juntos e faça cinco respirações profundas, faça isso de uma a cinco vezes por dia, cinco para o equilíbrio ideal.
Obrigado por ler este artigo e se você ainda não leu os artigos anteriores a este por favor, siga os links no topo do post.
Mais uma vez, se houver alguma dúvida sobre o artigo ou sobre a espiritualidade em geral não hesite em enviar e-mail para “ryan.boyd@live.ca” ou me adicione no Facebook “Mystic Urban”.
Em duas semanas vou começar a fase seis, os seis caminhos da luz, devido à quantidade de conteúdo desta fase estarei dividindo-o em seis artigos que serão apresentadas a cada duas semanas (ou antes, se eu puder escrever tudo rápido o suficiente), isso vai beneficiar muitos trabalhadores da luz e exploradores espirituais semelhantes, uma vez que fornece um caminho espiritual e práticas relacionadas customizáveis para desenvolver todas as formas de habilidades psíquicas de trabalho e de luz, estou muito animado para apresentá-lo a todos vocês.
Até a próxima,
Namaste
@Ryan Boyd

Nenhum comentário:

Postar um comentário