domingo, 28 de dezembro de 2014

Quem são os Irmão Grimm?

Os Irmãos Grimm_Atrás de cada conto de fada há uma história obscura.


Os Irmãos Grimm, Jacob (4 de fevereiro de 1786_20 de setembro de 1863) e Wilhelm (24 de fevereiro de 1786_16 dezembro de 1859), foram dois alemães que se dedicaram ao registro de várias fábulas infantis, ganhado assim grande notoriedade. Também deram grandes contribuições à língua alemã com um dicionário e estudos de linguística e folclore. Seus livros são caracterizados pelo Romantismo, Medievalismo, Historicismo folclórico e um pouco de Goticismo, mas implícito. Os contos coletados por eles eram originalmente somente para adultos, mas eles adaptaram para as crianças também, e ainda assim não haviam "finais felizes" e nem os esteriótipos que a Disney acrescentou aos Contos de Grimm.
Contos mais famosos:
*Branca de Neve
*A Bela Adormecida
*Cinderela
*Rapunzel
*Chapeuzinho Vemelho
*Hansel e Gretel (João e Maria)
*O Flautista de Hamelin
*O Ganso de Ouro
*O Príncipe Sapo
*Os Músico de Bremen
*O Alfaiate Valente
*Os Sete Corvos
*A Protegida de Maria
*As aventuras do Irmão Folgazão
*O Lobo e as Sete Cabras
*Os Três Fios de Ouro de Cabelo do Diabo
*Rumpelstiltskin
Fonte: Wikipedia
Vejam alguns contos de Grimm sendo contado como eram originalmente:
Os Verdadeiros Contos de Fada:
Análise simbólica do Filme "Irmãos Grimm"
Jacob Grimm (Heath Ledger) e Wilhelm Grimm (Matt Damon)
Vamos fazer uma analise simbólica do filme baseado antes na semiótica. A Semiótica Peirceana, ou Semiótica Geral é o estudo de todas as formas de expressões e interpretações de Signos. Signos são formas de comunicações que produzem linguagem e sentido. A Semiótica estuda todas as formas de expressões, de signos, que está em todas as ciências, nos contatos entre as pessoas, e demais seres vivos.
Por exemplo, o filme, pode ser analisado pela Sociologia contando um pouco da época que é retratada, pela Antropologia por mostrar os costumes e crenças de uma população de uma determinada época, ou pode simplesmente ser visto pelo olhar da História por retratar roupas, lugares, construções e aspectos épicos. E é claro, é riquíssimo para os olhares e interpretações da Semiótica, que estuda todas as representações em todas as ciências e ambientes.
Para muitos esse filme é apenas uma forma de diversão; para técnicos em diversas áreas é um filme que nos deixa as mais diversas interpretações; mas para nós, anti-conspiracionistas, que iremos fazer uma analise ao olhar semiótico da Simbologia, filmes como esse exercem influencias muito grande sobre a sociedade, além de retratar as sociedades anteriores ao nosso período.
Estou falando de Semiologia linguística, ou Semiótica, porque no filme há mais de um tipo de representações simbólica e significantes(signos). Pois ao mesmo tempo que há as clássicas subliminares, esse filme tem analogias especiais ao contos de fada dos Grimm, afinal o filme é sobre eles.
Wilhelm Grimm (Matt Damon)
O filme começa com o clássico "Era uma vez..." e inicia-se a cena na casa da Família Grimm, em meados de 1786, passando por dificuldades, Jacob vende a vaquinha da família em troca de feijões (assim como em ''João e o Pé de Feijão''), Wihelm fica bravo com Jacob. Esta parte é importante, porque ao longo de todo o filme isso representará o Misticismo de Jacob.
Os Grimm, quando adultos, lutam contra monstro e seres fantásticos, criados por eles mesmo (ou seria evocado por eles mesmo?) e também presentes em suas fabulas.
Isso já deveria ser o suficiente para as pessoas perceberem o Satanismo presente nesse filme.
Eles fazem todo esse ritual para "evocar" uma 'Bruxa', o que ninguém sabe é que Wilhelm Grimm e Jacob Grimm são uma grande  farsa. Eles na verdade criam cenas de batalhas falsas com a ajuda de seus amigos e aproveitam das crendices do povo, de massa ignorante (que acreditam em qualquer coisa e caem facilmente nas farsas conspiracionistas), para poderem lucrarem com isso.
A 'Bruxa', que simbolicamente tem um olho só, é na verdade ''amiga''(o) dos Grimm.

Como os conspiradores, os Grimm criam farsas, mas até onde isso vai dá?
Essa parte é simbólica porque a "Bruxa" virá cobras, embora tudo não passe de uma farsa isso se trata de um RITUAL.
Até então os Grimm estavam se dando muito bem, ganhado dinheiro para matar "monstros" (enquanto Jacob anotava as fabulas e crendices do povo), Wilhelm Grimm era muito "para frente", como se fala no 'dizer popular'; enquanto Jacob era fiel as suas fabulas (representando o seu miticismo). Wilhelm sempre implicava com Jacob e seu misticismo (enquanto Wilhelm era cético) com relação as fabulas do povo, sempre lembrando dos "feijões mágicos" que ele levou para casa. Aqui temos um Antagonismo entre o Misticismo de Jacob e o Ceticismo de Wilhelm.
Mas a farra dos Grimm durou por pouco tempo, pois "mentira tem perna curta",como dizem por ai (e é por isso que os conspiradores usam do ocultismo para encobrir suas mentiras), e logo o governo Francês, que havia conquistado certas áreas da Alemanha, descobriu as mentiras de Grimm e queriam punir eles (será que a Elite conspiracionista não gosta de ver pessoas farsante e influentes, como eles, ultrapassando seu poder?).
Mas pelo fato do Governo acreditar que havia outras pessoas tão influentes como os Grimm usando dos mesmos golpes e truques em regiões da Alemanha, onde eles temiam perder a influencia por causa das ''crendices'', o governo Francês os mada para resolverem o desaparecimento de meninas e jovens em uma floresta supostamente mal-assombrada.
Como comentado anteriormente, há alusões aos contos de fada coletado pelos Grimm
Já na cidade que é aterrorizada por monstros da floresta, os irmãos Grimm conhecem Ângela (ou Angelica, não lembro), que os ajudará a vencer as forças que estão controlando a floresta. Eles chegam em um local que havia sido atacado por pragas no séc. XIV, e uma rainha havia se escondido em uma torre fechada, essa rainha era uma feiticeira e era ela que controlava toda a floresta e estava raptando as jovens meninas.
 
Angelica (Lena Haedey)
A Rainha faz alusão a dois contos de Grimm, "Rapunzel" e "Branca de Neve". É como se a Rapunzel fosse a bruxa-madrasta de a "Branca de Neve" (lembrando que os contos originais de Grimm é bem diferentes dos contos contado pela Disney, isso é uma possibilidade). Mas, o mais intrigante é o fato dela ser a "Rainha dos Espelhos". O Bruxo, ou Feiticeiro, de verdade tem suas forças no mundo espiritual, por meio dos demônios, e os espelhos, como vimos em outros posts, são usados para aprisionar esses demônios (e usado no controle mental). Os contos de Grimm revelam subliminarmente como funciona o mundo do Ocultismo.
A Rainha antes de envelhecer, no séc. XIV
A ''Rainha dos Espelhos'', no séc.XIX, no tempo dos Grimm.
Jacob Grimm vê o espelho da rainha-bruxa
Jacob sob o poder de influência do espelho da rainha (Seria mais uma história de controle mental?)
Na cidade, uma menina chamada Sasha esta tirando água do poço, e havia sido atacado por um corvo (que é tido como sinal de mal agouro) e que a fez ficar sem os seus órgãos de sentido:
A menina ficou cega-muda.
Seria uma alusão aos poderes de Alienação da Mídia e dos ocultistas Illuminati?
Ela é raptada por um monstro mandado pela bruxa-rainha, que possivelmente seja um golem:Parece uma criatura simpática, mas é um ser demoníaco.
Depois de raptar a jovem Sasha, ele se transforma em um "Boneco de Pão de Ló" feito de barro, fazendo mais uma alusão aos contos de Grimm.
As crianças raptadas são para um ritual bem simbólico, que no filme rejuvenesce a "Rainha dos Espelhos", mas que na vida real representa os rituais ocultistas feito pelos Illuminati.
Os Grimm, que buscavam respostas com relação ao sumiço das garotas acabaram por achar algo bem significante:
Alusão ao disco solar de Amon-Rá (lúcifer):
A Rainha precisava de 12 jovens e/ou meninas para o sacrifício, como os Grimm conseguiram salvar a Sasha, a 'formula' pro ritual não estava completa. Era necessário que cada menina fosse presa viva em um túmulo, antes que o eclipse acontecesse.
Como ainda faltava uma jovem, a Rainha mandou um lobisomem atrás de Angelica, amiga dos Grimm, esse lobo é o pai dela sob o poder da Rainha, então o lobo vai capturar Angelica, os Grimm tentam salva-la, mas perdem ela em um lago congelado. Ela fica presa no gelo (como se estivesse presa em um espelho).
Os Grimm vão atrás da Rainha, tentar salvar Angelica e todas as jovens crianças. Wilhelm não estava preparado para os poderes mentais do espelho que eles teriam que enfrentar, então caiu nos encantos da Rainha facilmente.
Jacob tenta livrar Wilhelm do poder da Rainha-bruxa, embora aparentemente ele tenha conseguido destruir o poder da bruxa, creio que ele não fez isso da maneira certa:
Jacob Grimm destrói o espelho-mágico da Rainha-bruxa e ela perde seus poderes
A Rainha começa a rachar
Ela se estilhaça toda, ficando em pedacinhos. Seria esse o fim da Rainha-Bruxa?
Bem, a Rainha dos Espelhos estava estilhaçada, o eclipse tinha acabado. Para salvar as meninas que estavam no túmulo, Jacob teve de fazer mais uma coisa, beijar a sua "Bela Adormecida", Angela. Mais uma alusão semiótica que qualquer um pode reparar, pelo fato de ser algo simples e banal, afinal desde crianças estamos cansados de ouvir esse contos e fabulas.
Alguns dizem que "Bela Adormecida" e até mesmo "Branca de Neve" é uma alusão Gótica à necrofilia.
Depois do beijo de Jacob, que ressuscitou Angelica, Wilhelm também recebe um beijo de Angelica...Resumindo, ambos estavam com a mesma garota. É a alusão do filme à poligamia e poliandria que é presente desde o inicio, quando Wilhelm deita com duas garotas. Acredito que esses costumes, poligâmicos, não eram presentes no inicio séc. XIX, até porque os costumes antigamente eram mais tradicionais, seria a imposição da Mídia que esse sistema poligâmico fosse presente na sociedade atual? Bem, não duvido.
Depois da aventura que os Irmão Grimm tiveram, o livro que é demonstrado Jacob Grimm escrevendo o tempo todo nele (e em alguns casos Wilhelm ditando) é completo. E Wilhelm Grimm vence o Ceticismo e se integra no Misticismo de Jacob. Será que esse misticismo todo não virou Ocultismo? Bem, não sei, porque as características dos personagens Grimm da ficção são bem diferentes dos Grimm da vida real. Talvez os Irmão Grimm da vida real estiveram realmente envolvidos com ocultismo, ou talvez não.
Enfim, terminando o filme no "Felizes para sempre..." Aparece uma cena muito simbólica:
Olho da Rainha ou Olho de Lúcifer?
Será Programação Monarca?
Como eu disse, não era uma boa ideia quebrar o espelho-mágico, afinal se for realmente um Programa Monarca (e eu tenho quase certeza que é), ele estaria quebrando a própria personalidade em mil pedaços. A questão é, se for um Programa de Controle Metal Monarca, quem é especificadamente a vítima? Programação Monarca à dois? Os dois Grimm eram as vítima? Ou seria os próprios contos de Grimm naturalmente feitos para Programação Monarca? Não sei...Mas uma coisa tenho certeza, as simbologias neste filme são muito forte e bem visíveis para quem quiser ver. Não é atoa que precisa de muita Semiótica para interpretar essas subliminares, afinal eles colocaram mensagens nesse filme à vários níveis diferentes.
A Série Grimm
Se prepare para a onda de simbolismos que em vem na nova série da Record: Grimm!!!
Originalmente Grimm é uma série norte-americana de drama fantástico, que vai ao ar na NBC nos Estados Unidos, no Syfy em Portugal, e no Universal Channel na Tv à cabo brasileira e irá ao ar na Rede Record no dia 4 de fevereiro.
São fundamentados nos contos de Grimm e conta a história de Nick Burkhardt, um detetive de homicídios que tem sua vida transformada ao descobrir que é descendente de uma SOCIEDADE SECRETA, conhecida como GRIMM (Isso me faz questionar seriamente qual a importância dos Irmãos Grimm para os ocultistas). A missão de Nick, assim como era a dos antepassados, é manter o equilíbrio entre a vida real e a mitologia (de certa forma igual ao filme Irmãos Grimm). Essa ligação com o mundo das fábulas oferece alguns perigos ao detetive e seus entes mais próximos, em especial sua noiva Juliette Silverton e seu parceiro de trabalho Hank Griffin. Porém, quanto mais Burkhardt tenta se afastar, mais se aproxima de suas raízes e inimigos do passado.
Com a ajuda de Monroe, em Blutbad renovado e seu confidente, ele terá de lutar contra estranhas criaturas, conhecidas como Wesen, que o perseguem e fazem mal às pessoas do mundo real. Depois de alguns episódios, além de Monroe, Nick também conta com a ajuda de Rosalee, uma Fuchsbau especialista em elementos do mundo Wesen.
Será que essa série vem agora para substituir a onda de "Vampirismo", 'Misticismo bruxo' e "Miticismo" Zumbi, que estão atona?Bem, geralmente isso acontece em sagas, como CrepúsculoHarry Poter e Resident Evil. Provavelmente está série será tão cheia de simbolismos, assim como no filme, se não mais, e trará, infelizmente, mais Alienação. Vamos ter que vê no que isso vai dá... Para quem não tem muito conhecimento sobre o MkUltra e as técnicas de Controle Mental veja os liks a seguir: MkUltra(Controle Mental)_O Projeto Monarca MkUltra Parte II "O Labirinto_A Magia do Tempo " MkUltra Parte III "O Mágico de Oz"_Ocultismo e o C... MkUltra Parte IV "Alice no País das Maravilhas"_Su... Ver também:Mídia Illuminati Fonte sobre os Grimm: Wikipedia: Filme/Série Fonte sobre a Semiótica: http://imigracaoalemanosuldobrasil.blogspot.com.br/2009/05/resumo-do-filme-os-irmaos-grimm.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário