sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Islândia - A Revolução que o Mundo Não Viu


A Maioria das pessoas não tem a menor idéia de onde fica a Islândia. A maioria das pessoas, se forem jovens, sabem apenas que é o país de onde vem a cantora Björk. Eu mesmo até pouco tempo atrás não sabia nada sobre esse país e nunca busquei conhecer o trabalho da Björk. E esse país deve permanecer "desconhecido" de todos nós por um bom tempo, no que depender dos grandes meios de comunicação mundial, dos políticos e dos banqueiros que controlam o mundo, principalmente depois do que aconteceu lá em meados de 2008.





Como todos os países de Europa e América, a Islândia foi um dos que sofreu perdas e grandes prejuízos com o "crack" das bolsas de valores do mundo todo no ano de 2008. A diferença básica do que aconteceu com a Islândia e o resto dos outros países, foi o que fizeram seus cidadãos após essa crise.

A Islândia é um exemplo de país capitalista que "deu certo" (se é que isso é possível). Sempre foi um país de livre econômia de mercado, com impostos relativamente baixos se comparado com outros membros da comunidade européia, provendo assistência sanitária universal e formação superior gratuíta a todos os seus cidadãos. Em 2009 a Islândia foi considerada Pela ONU o terceiro país mais desenvolvido do mundo. 


Ainda assim, esse não é o principal motivo que faz com que a Islândia NÃO seja notícia.





Nenhum de vocês que lêem esse blog e assistem TV, lêem jornal, revista, encontraram nesses meios de comunicação, notícias sobre a Islândia, não é verdade?


Afinal, um país que se desenvolve no capitalismo, que consegue dar ensino superior a todos os seus cidadãos, parece ficção, teóricamente deveria estar na primeira página e manchete de todos os jornais, mas não é assim.

Aqueles que acreditam que a "democracia" faz de nós "livres" (livres para comprar) e que não existe CENSURA nas mídias que me respondam então, onde estão as notícias sobre a REVOLUÇÃO ISLÂNDESA?

Talvez no Brasil, graças a rede globo e as famigeradas e mumificadas famílias que controlam a mídia, não houve tantas notícias sobre os protestos no Egíto, mas pelo menos na Europa, nos entupiram até os ossos com imagens e notícias sobre a "revolução Egípcia" que derrubou um governo que estava há mais de 30 anos no poder. Mas se é assim por que não disseram nada sobre o que aconteceu na Islândia?





Por que na Islândia O  POVO de maneira organizada e pacífica consegui DEMITIR todo um governo completo. NACIONALIZARAM OS BANCOS E SE RECUSARAM A PAGAR A DÍVIDA COM INGLATERRA E HOLANDA, CRIADA GRAÇAS A GESTÃO IRRESPONSÁVEL DE SEUS BANQUEIROS E GOVERNOS, SEM JAMAIS CONSULTAR A POPULAÇÃO.

Não bastando tudo isso, Os Islandeses MANDARAM PRA CADEIA seus principais banqueiros, acionistas e pessoas responsáveis pelo desenvolvimento de uma crise que afetou todo o mundo. Tudo isso de MANEIRA PACÍFICA, uma revolução organizadas para bater de frente com o poder estabelecido e contra uma crise mundial forjada, mentirosa, realizada artificialmente para favorecer o enriquecimento de banqueiros e membros do governo as custas do prejuízo e endividamento da população.

Agora pense, o que passaria nos países que estão em crise na europa se as pessoas soubessem através da imprensa o que passou de verdade na Islândia?

Mas o que é afinal, a Revolução Islândesa?

Basicamente o que aconteceu a nível cronológico após o colapso do sistema financeiro Islândes foi o seguinte:
 - Em 2008 NACIONALIZARAM todo o sistema bancário Do País.

- A Moeda despenca e a bolsa de valores suspende suas atividades.

- O País declara estar em BANCARROTA.



- Em 2009, os protestos dos cidadãos nas ruas em frente ao parlamento, consegue fazer com que se realizem eleições antecipadas e provocam a demissão do 1º Ministro e de todo seu governo em apenas um bloco e de uma vez. Ainda assim a péssima situação do país a nível econômico, continua.

- Mediante uma "Lei" surge a proposta de "devolver" a dívida a Grã Bretanha e Holanda mediante o pagamento de 3 milhões e 500 mil euros, que seriam pago por todas as famílias Islandezas, mensalmente durante os próximos 15 anos, com 5,5 por cento de juros.

- Em 2010 as pessoas voltam as ruas protestar e solicitam submeter a tal "Lei" a um referendúm popular.

- Em janeiro de 2010 o então presidente se nega a ratificar essa "Lei" e declara que antes realizará uma "consulta popular". Em março do mesmo ano se celebra o "referendúm" e todos escolhem dizer NÃO ao pagamento da dívida que é conquistado atráves de 93 por cento dos votos.


- O governo inicia uma investigação para identificar os responsáveis pela crise e com isso começa uma bateria de prisões, detenções e encarceramento de uma série de importantes banqueiros e altos executivos financeiros. A Interpol dicta uma ordem e todos os banqueiros envolvidos no escândalo financeiro começam a deixar o país.

- Neste mesmo contexto de crise se cria uma assembléia popular para REESCREVER A CONSTITUIÇÃO atual substituindo por uma nova, que leve em consideração os erros aprendidos com a crise.


- O povo Elege 25 cidadãos sem nenhuma filiação política dos 522 que se apresentaram como candidatos as eleições que exigia apenas que as pessoas fossem maior de idade e tivessem o apoio de 30 cidadãos.




- A nova assembléia constitucional começa seus trabalhos em fevereiro de 2011 para apresentar uma "carta magna" que crie a nova constituição com novos ítens formados em centenas de assembléias que aconteceram por todo o país. Essa deverá ser aprovada pelo atual parlamento nas próximas eleições legislativas.

Resumindo tudo o que aconteceu e deve entrar para a história ainda que os meios de comunicação escondam, mas é importante que todas as pessoas saibam:

- TODO UM GOVERNO FOI DEMITIDO EM BLOCO.

- O SISTEMA BANCÁRIO FOI NACIONALIZADO.

- UM REFERENDÚM FOI CRIADO PARA QUE O POVO DECIDISSE SOBRE AS QUESTÕES ECONÔMICAS.

- OS BANQUEIROS E EXECUTIVOS RESPONSÁVEIS PELA CRISE FORAM PRESOS.

- A CONSTITUIÇÃO FOI REESCRITA PELOS CIDADÃOS!





Por que não se falou nem se fala sobre isso nos principais meios de comunicação? Por que os meios acadêmicos não discutem a respeito disso em programas de rádio e televisão? Por que não nos chegam imagem dos protestos pacíficos nas ruas da Islândia, mas chegaram imagens e notícias da revolução Egípcia?!

Por que o povo Islândes soube como dar uma LIÇÃO DE CIDADANIA, REAL DEMOCRACIA E PARTICIPAÇÃO POLÍTICA a todos os cidadãos da Europa e do mundo, enquanto o povo Egípcio, em seu eterno "atraso islâmico-religioso" continuará sendo escravo de banqueiros enquanto pensa estar se "libertando" por que conquista o direito de "voto" e de realizar "eleições".

Os donos dos meios de comunicação em todo mundo, geralmente são FAMÍLIAS que conspiraram e sempre conspiraram com banqueiros e políticos para que apenas um tipo de "revolução" seja tido como "possivel" na mente das pessoas do mundo (principalmente na mente das pessoas que sempre viveram no chamado 3º mundo). E por isso a grande revolução social que aconteceu na Islândia e que pelo visto deu certo, não tem cobertura dos grandes meios de comunicação, por que foi uma revolução pacífica, sem mortes, sem ameaças, sem a necessidade de ser "notícia", sem pessoas colocando fogo em "bandeiras" americanas, (inglesas ou Holandesas) como é tão comum ver nas que aconteceram recentemente em revoltas dos países islâmicos.

Em verdade a revolução na islândia além de pacífica, não é gerenciada por interesses capitalistas externos que manipulam as pessoas do povo conforme seus interesses, mas apenas uma revolução do povo e para o povo, em nome de JUSTIÇA. Por mais mentiras que tentem manejar, a missão da verdade é sempre prevalecer, mas para isso é importante e fundamental que as pessoas trabalhem por essa justiça. Infelizmente em nosso país, elas deixam isso para "juízes" e outras estrelas midiáticas de 5ª categoria, fazerem.

Hoje mesmo enquanto aqui escrevo, uma grande revolução nas ruas de países em crise na europa, como Portugal, Espanha, Grécia, está acontecendo e cada vez mais as pessoas desses países estão pressionando os políticos e os banqueiros, estão dizendo: "NÃO! BASTA!!! Chega de mentiras e de exploração. Chega de Monarquias que vivem como deuses, de banqueiros que vivem como reis, de políticos que vivem como banqueiros e de um povo que não vive, mas apenas trabalha por dinheiro e sustenta toda essa baderna, roubo e extorsão!!!" 


Claro que ir as ruas protestar e exigir mudanças é importante mas não deve ser o foco principal da questão sistêmica. A raça humana está despertando para uma nova realidade e as pessoas do povo estão despertando para seu reais poderes no que tange a transformação de si mesmo e do mundo.
Banqueiros e políticos em verdade trabalham como LADRÕES, seja das riquezas, seja da PAZ que as pessoas poderiam ter. 


Enquanto os povos do planeta terra não tomarem como exemplo a revolução pacífica do povo na Islândia, nosso sistema será gerenciado por esses ladrões e para benefício deles.

O futuro do planeta terra é a sociedade civil no comando de tudo.

Se você é desses que assiste o "jornal" da TV, lê revistas, livros, faz "faculdade" e acha que assim "se informa", Abre o Olho! Antes de abrir sua boca, Você precisa saber o que tá rolando no mundo e o que aconteceu na Islândia. E precisa entender por que, sua faculdade, as fontes de informação que você acessa, ou seu canal de televisão preferido, não disseram nada dessa revolução para você.

Que deus Abençoe a Todos.
Que Deus Abeçoe o POVO Islândes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário