domingo, 28 de abril de 2013

Livros sobre Religiões


Indicação de livros sobre Religiões, bibliografia, religião, indicações de leitura, crenças religiosas, religiões no Brasil
 

 
Livros sobre Religiões
O Livro das Religiões - Edição De Bolso
   Autor: Gaarder, Jostein; Hellern, Victor; Notaker, Henry
   Editora: Companhia de Bolso
Uma Outra História das Religiões
   Autor: Vallet, Odon
   Editora: Globo Editora
As Grandes Religiões do Mundo - As Oito Maiores Religiões do Mundo e as Diferenças Entre Elas
   Autor: Prothero, Stephen
   Editora: Campus
Para Conhecer Melhor as Religiões
   Autor: Banon Patrick
   Editora: Claro Enigma
Religiões do Mundo
   Autor: Self, David
   Editora: Paulinas
Por Dentro das Religiões
   Autor: Barreto, Hermes
   Editora: Sarça
As Religioes do Mundo
   Autor: As Religioes do Mundo
   Editora: Cultrix
Conhecendo as Religiões do Mundo
   Autor: O'Donnell, Kevin
   Editora: Rosari
Religiões - Coleção Referência
   Autor: Coogan, Michael D.
   Editora: Publifolha
Tratado de História das Religiões
   Autor: Eliade, Mircea
   Editora: Wmf Martins Fontes
As Religiões no Egito Antigo - Deuses, Mitos e Rituais Domésticos
   Autor: Shafer, Byron E.
   Editora: Nova Alexandria
Unidade - Os Princípios Comuns a Todas as Religiões
   Autor: Moses, Jeffrey
   Editora: Sextante / Gmt
As Religiões que o Mundo Esqueceu
   Autor: Funari, Pedro Paulo
   Editora: Contexto
Kule-kule Religiões Afro-brasileiras
   Autor: Barros, Rachel Rocha de Almeida; Cavalcanti, Bruno César; Fernandes, Clara Suassuna
   Editora: Edufal
Bíblia e Religiões - Judaísmo, Cristianismo e Islamismo
   Autor: Vários Autores
   Editora: Loyola
Cultura Religiosa - As Religiões do Mundo
   Autor: Wilges, Irineu
   Editora: Vozes

Dicionário das Religiões
   Autor: Eliade, Mircea
   Editora: Wmf Martins Fontes
O Atlas das Religiões
   Autor: Palmer, Martin
   Editora: Publifolha
A História das Religiões na Cultura Moderna - Coleção História das Religiões
   Autor: Massenzio, Marcello
   Editora: Hedra

Religiões no Brasil

As principais religiões no Brasil e número de seguidores, crenças, tradições
religiões no Brasil
Brasil: um país com grande diversidade religiosa

 
 

Introdução

O Brasil é um país que possui uma rica diversidade religiosa. Em função da miscigenação cultural, fruto dos vários processos imigratórios, encontramos em nosso país diversas religiões (cristã, islâmica, afro-brasileira, judaíca, etc). Por possuir um Estado Laico o Brasil apresenta liberdade de culto religioso e também a separação entre Estado e Igreja.

Dados de 2010 (Censo do IBGE):

- Católica Apostólica Romana: 64,6%

- Evangélicas: 22,2%

- Espírita: 2%

- Umbanda e Candomblé: 0,3%

- Sem religião 8%

- Outras religiosidades: 2,7%

- Não sabe / não declarou: 0,1%

Principais religiões e crenças no Brasil e seus seguidores (ano de 2010): 

Religião ou Crença Nº de seguidores no Brasil
Igreja Católica Apostólica Romana 124.980.132
Igreja Católica Ortodoxa 38.060
Igreja Batista 3.162.691
Igreja Luterana 1.062.145
Igreja Presbiteriana 981.064
Igreja Metodista 340.963
Assembléia de Deus 8.418.140
Congregação Cristã do Brasil 2.489.113
Igreja Universal do Reino de Deus 2.101.887
Igreja do Evangelho Quadrangular 1.318.805
Igreja Deus é Amor 774.830
Outros Penteconstais / Neopentecostais 2.514.532
Igreja Adventista do Sétimo Dia 1.209.842
Testemunhas de Jeová 1.104.886
Mórmons 199.645
Espiritismo 2.262.401
Umbanda 397.431
Budismo 214.873
Candomblé 127.582
Igreja Messiânica 109.310
Judaismo 86.825
Tradições esotéricas 58.445
Islamismo 27.239
Crenças Indígenas 17.088
Orientais (bahaísmo, hare krishna, Hinduismo, Taoismo, xintoísmo, seicho-no-iê) 52.507
Outras religiões 41.373
Sem declaração / não determinadas 741.601
Sem religião 12.492.403

 



Você sabia?

- Entre os dias 1 e 7 de fevereiro é comemorada a Semana Mundial da Harmonia entre as Religiões.

Estado Laico


Saiba o que é Estado Laico, Estado Secular, separação entre Estado e Igreja, características
estado laico, separação entre Estado e Igreja
Estado laico: separação entre Estado e Igreja é uma das principais características

Definição

Também conhecido como Estado Secular, o Estado Laico é aquele que não possui uma religião oficial, mantendo-se neutro e imparcial no que se refere aos temas religiosos. Geralmente, o Estado laico favorece, através de leis e ações, a boa convivência entre os credos e religiões, combatendo o preconceito e a discriminação religiosa. 

Características
Desta forma, no Estado laico, a princípio, todas as crenças são respeitadas. Não há perseguição religiosa.

Em alguns países laicos, o governo cria normas para dificultar manifestações religiosas em público.

O caso brasileiro 
O Brasil é um país com Estado laico, pois em nossa Constituição há um artigo que garante liberdade de culto religioso. Há também, em nosso país, a separação entre Estado e Igreja.

Citações – Religião e Mitologia



Religião é mitologia com outro nome; todo discurso religioso é um discurso mitológico, mas nem todo discurso mitológico é um discurso religioso.

O mundo está repleto de mitos de origem e todos são falsos do ponto de vista dos fatos (…). O primeiro passo para uma leitura do Antigo Testamento é considerá-lo como um PRODUTO igual a qualquer outra obra de literatura antiga, que não resultou do talento literário de Deus, mas do homem. (Joseph Campbell. As Mascaras de Deus. Mitologia Ocidental).

A igreja é exatamente aquilo contra o que Jesus pregou – e aquilo contra o que ele ensinou seus discípulos a lutar (Nietzsche).

Deus nenhum morreu por nossos pecados; nenhuma redenção por meio da fé; nenhum ressuscitar após a morte – tudo isso são falsificações do cristianismo genuíno, pelas quais se deve responsabilizar aquele funesto cabeça arrevesada – Paulo- (Nietzsche).

Disse um cristão: “só há um Deus: Jesus Cristo!”; ao que um muçulmano retrucou: “realmente só há um Deus; mas esse Deus é Alah, e Maomé é seu profeta!”; enquanto um judeu pensava consigo mesmo: “nosso Deus é mais antigo”. E estavam todos enganados.

O monoteísmo é a versão religiosa do autoritarismo (Flávio Kothe).

A fé em Deus prova a fé mesma, mas não a existência de Deus. E ainda que a fé provasse a existência de Deus, restaria a pergunta: qual Deus (ou Deuses)?

Um anjo confidenciou que, depois de condenado, Lúcifer, arrependido, invocou Mateus 18:22 - em que Jesus diz a Pedro que não se deve perdoar sete vezes, mas setenta vezes sete,- e que Deus o perdoara. O perdão, no entanto, foi desde então mantido em segredo, pois, sem o Diabo, ninguém O levaria a sério. Além do mais, uma boa fábula não tem a menor graça sem um vilão digno desse nome. O mesmo teria ocorrido com Adão e Eva.

Frequentemente, o “amar o próximo como a ti mesmo” não inclui as pessoas muito próximas (pais, irmãos etc.), especialmente quando não partilham do mesmo credo.


A Juventude Brasileira e as Formas de Participação Política



Costumava-se achar que o jovem brasileiro 



era um alienado, que  só pensava em festas e 



"curtição". Atualmente, constata-se que isso



 não é verdade. O jovem é engajado nas 



temáticas sociais. O interesse dele, no entanto, 



vê-se prejudicado pela falta de  confiança nas



 instituições oficiais, como os  Partidos Políticos, 



o Congresso Nacional e a  Justiça A Juventude



 Brasileira, vista como o problema e a solução



do pais, se preocupa com o futuro deste. Apesar 



das visões contraditórias sobre eles, os jovens 



se mostram cada vez mais preocupados com 



questões como corrupção educação ineficiente,



 entre outras. Para tanto,participam de 



movimentos sociais, protestos e manifestações . 



Apesar de engajado, a participação do jovem de



  16,17 anos na política está diminuindo, pela 



 falta de confiança e pelo alto índice de 



corrupção nos políticos.É preciso intervir.



 Todos nascemos com direito político de 



interferir na gestão da comunidade  de que 



fazemos parte. Mais do que isso, é 



necessário que os políticos ouçam os jovens e, a 



partir das novas ideias, construam um senso 



comum.